segunda-feira, 24 de abril de 2017

Marcelo Odebrecht confirma Sítio é de Lula

Está cada vez mais difícil negar primeiro foram os pedalinhos, seguido por delações premiadas "menores", Lula insistia em dizer que o sítio em Atibaia pertencia a Fernando Bittar, um amigo que convidava o ex-presidente para passar alguns dias com ele.
Versão derrubada pelo próprio Fernando Bittar que depôs a polícia federal afirmando que sítio foi feito para guardar pertences de Lula: "Parte das obras no sítio foram realizadas em razão da necessidade de recepção do acervo presidencial do então presidente da república Luis Inácio Lula da Silva".
Agora foi a vez de Marcelo Odebrecht confirmar que sua empresa, a Odebrecht, reformou o sítio gratuitamente a pedido de Dona Marisa, a santa que faleceu esse ano, o favor fazia parte de um acordo. Marcelo vinha dando apoio financeiro a Lula desde o regime militar o que incluiu caixa 2, apoio financeiro aos filhos do ex-presidente e uma mesada para Frei Chico, irmão mais velho de Lula.
O que foi revelado é um sistema de corrupção recorrente e perpétuo onde o Odebrecht investiu em Lula, financiou campanhas, comprou propriedades, ajudou filhos e uma vez colocando seu candidato no poder cobrou os favores, a cada obra a empresa dava uma porcentagem ao PT e pode se firmar.
Um bom exemplo foram os estadios da Copa do Mundo, vendida como a Copa da iniciativa privada o governo (entenda nós) financiamos o 7 X 1 a Odebrecht foi a maior beneficiada com a maioria das obras superfaturadas.
O Itaquerão foi outro agrao para Lula, na época o então presidente apresentou M arcelo para Andrés Sanches viabilizando a obra que deveria custar oitocentos millhões de reais saiu por 1.4 bilhões de reais. Lula conseguiu mais um contrato, Andrés entrou para a história do clube enquanto o Corinthians vem sofrendo com times fracos e pouca verba por não conseguirem pagar o estádio, a imagem da corrupção.

quinta-feira, 20 de abril de 2017

Hina Kinami

Hina Kinami é mais uma gatinha oriunda do universo AV japonnês, aos 21 anos a moça já conquistou o país do sol nascente, não é para menos a combinação entre inocência e um par de peitos gigantescos.
Natural de Tóquio a moça foi outra garota descoberta pelos caçadores de talento, suas medidas: Busto 95 cm; Cintura: 59 cm; quadril: 83 cm; distribuídos em 158 cm dão a receita da perfeição.
Sem mais enrolação fiquem com Hina Kinami:









segunda-feira, 17 de abril de 2017

Diabolik Lovers

Cansado de vampiros veganos que brilham no sol? Ou de seres das trevas alçados a heróis? E se eu dissesse que existe um anime que mistura vampiros verdadeiros com uma obra poética repleta de erotismo regada a um clima sombrio? Ficou interessado? Vai lendo.
Diabolik Lovers surgiu como Visual Novel que tornou-se um game para PS Vita e um excelente anime com duas temporadas. Logo de cara vemos o tom gótico da obra registrada na heroína, sua pele branquinha e olhos expressivos.
A aparência frágil dos seis vampiros contrasta com sua crueldade e clima claustrofóbico, nos levando para as produções inglesas da década de 1960.


O Enredo

A história de Diabolik Lovers é aparentemente simples, parece um enredo de filme de terror sádico, ao passar dos episódios ela vai se aprofundando em especial na psique das personagens.
Tudo começa quando Yui muda de escola, aconselhada por seu pai (o padre de uma igreja) ela vai para um novo dormitório, chegando lá qual sua surpresa ao se deparar com seis belos rapazes e nenhuma garota. Para complicar nenhum sabia de sua chegada, rapidamente começam a discutir como mata-la!

Após essa recepção calorosa o mais velho de todos lembra-se de um telefonema, dado pelo padre, informando sobre a chegada de Yui, o clérigo deixou duas instruções: 1) trate-a bem; 2) Não a mate. Os vampiros decidem obedecer a segunda.
Os seis vampiros, de aparência afeminada, escondem ocultam em sua beleza instintos psicopatas, eles se divertem torturando a garota e revezam quem vai beber seu sangue, alguns a tratam com uma cruel indiferença, já outros lhe dão apelidos como: "panqueca" ou  "Bitch-chan" (algo como cadelinha ou putinha).
A medida que os irmãos vão se servindo vamos conhecendo mais sobre eles, suas personalidades e sua história. Todos filhos do mesmo pai, mas de mães diferentes eles se odeiam, vivem em um clima tenso, faltando pouco para se matarem.
Yui começa a desconfiar de sua presença naquela mansão, ela é uma espécie de sacrifício, mas porque seu pai a enviou? Logo nos primeiros episódios descobrimos que a igreja conhece a existência dos vampiros e sede presas para eles!
Esse é um anime psicológico, sem grandes batalhas, que prende pela tensão e pela história que se revela, tudo regado a fortes doses de erotismo, seja na caracterização das personagens ou nas sessões de mordidos.


Vampiros

Fazia tempo que eu não via vampiros de verdade, esqueça de bobagens como Crepúsculo ou Drácula A História Nunca Contada ou da excelente série Blood,
aqui os vampiros aproximam-se do Drácula de Bram Stoker e das criaturas de Anne Rice.
Sim, eu sei que existem outros animes com a mesma proposta, Blood é um ótimo exemplo a história de Saya contada no primeiro filme e nas duas ótimas séries animadas; ou a excepcional Miyu, que já falei aqui, mas há uma diferença, a ação. Enquanto Blood e seus derivados tem grandes cenas de ação e Miyu termina seus episódios com uma luta Diabolik Lovers foca no mais puro terror.
Aqui os vampiros não se transformam, no máximo vemos caninos discretos, eles não lutam, suas perseguições são mais perversas, sua aparência delicada os aproximam das primeiras romantizações das crianças da noite.
A Carmilla de Sheridan le Fanu (aqui), o Drácula de Bela Lugosi ou o eterno Christopher Lee que escondem sua bestialidade por detrás da beleza física e gestos de refinada educação, o vampiro mais assustador não é aquele que o persegue, mas o que você deseja se entregar.
Logo nos primeiros capítulos um dos irmãos oferece uma caixa de suco para Yui, que agradece, a inocente garota não se deu conta que aquilo não foi um agrado, o vampiro logo explica - "esse suco fará com que seu sangue fique mais saboroso".
Os vampiros simplesmente a tomam, inadvertidamente e nos momentos mais imprevisíveis Yui está parada e lá vem um deles, ela está tendo um diálogo que dá pistas sobre o passado dos irmãos e um deles a toma para si.
Assim como nas obras clássicas a mordida do vampiro é uma metáfora para o ato sexual, Yui protesta, el não deseja, mas cede e sente prazer na defloração oral. Em uma das melhores cenas Ayato deita Yui sobre o altar da igreja e bebe sangue dentre suas pernas, ela suplica "não faça isso dentro de uma igreja" e o vampiro responde "foi sua amada igreja quem a mandou para nós".
Não é raro vermos dois ou tês vampiros se servindo ao mesmo tempo, conforme se relacionam vai sugindo um sentimento, expresso a sua maneira, delicadeza e sofrimento; prazer e dor. Esse é o amor diabólico dos vampiros.


Polêmica

Balzac já nos dizia: "Crie seja perseguido como um criminoso, copie e viva feliz como um idiota" a dissecação do erotismo visto em Diabolik Lovers não passou impune, um grupo em particular isolou todo seu simbolismo deixando apenas a suposta violência contra Yui, claro que estou falando das feministas.
Feministas são seres que enxergam os crimes do patriarcado em um pão de queijo e protestam contra a inexistente cultura do estupro defecando peladas na rua, sendo absolutamente incapazes de pensar fora de uma fórmula pronta.
Diaboik Lovers não é sobre violência contra a mulher, aliás não existe violência contra a mulher uma vez que a própria Yui se fascina e gosta do universo
vampiresco, existem muitas maneiras de se relacionar afetivamente, algumas impressionam e assustam a primeira vista, basta um pouco de boa vontade e certa inteligência para perceber.
Anime recomendado
Então deixe o pensamento pronto de lado e deleite-se em uma bela obra dividida em duas temporadas de 12 episódios cada, sendo que os episódios contem 14 minutos, o que cabe perfeitamente na proposta lenda dos episódios - os seis primeiros mostram yui sendo mordida, não é preciso 24 minutos para isso, a curta duração dos episódios impede que a obra fique arrastada, ao contrário torna os episódios dinâmicos.
Em suma Diabolik Lovers é uma ótima pedida para quem deseja algo mais adulto, que exija certa maturidade ou quem deseja uma produção clássica de vampiros, não tem erro. Divirta-se.  

sexta-feira, 14 de abril de 2017

Cadê a Quarta Temporada de DxD?

Muitas pessoas vem perguntar "quando estreia a quarta temporada de DxD?"; "Aquele vídeo promocional é fake?" e ainda existem os imperativos: "A quarta temporada é um boato". Esse post é uma resposta para todos vocês, vamos lá.
Despois da terceira temporada, a Borne, as coisas esfriaram, DxD sempre caracterizou-se por ser um ecchi com história, nessa temporada as coisas desandaram, ficaram confusas, muitos personagens apareceram e não tiveram espaço. O que levou os fãs a pensarem que a brincadeira acabou.
A industria dos animes é uma entidade 100% capitalista portanto o que dita seu ritmo é a venda: animes são feitos para a) vencerem mangás ou grafic Novels; b) venderem temporadas e C) venderem todo o tipo de bugiganga. Por que estou escrevendo isso? Apesar da impopularidade da terceira temporada e a queda nas vendas do seriado em formato home video o grafic Novel vai muito bem obrigado e DxD Borne vendeu muitas figures da Rias e sua equipe demoníaca, estando longe do desastre pintado por muitos.
O mercado garante a quarta temporada. No final do ano passado, durante o Dengeki Bunko Festival, foi anunciada oficialmente a quarta temporada para 2017; no mesmo festival foi divulgado um vídeo oficial (que você pode ver aqui).
Algumas coisas mudaram, depois do desagrado dos fãs DxD saiu dos estúdios TNK, que tem tradição, indo para o Passione, um estúdio de poucos trabalhos, o que não é uma má notícia, temos que saber o que esperar.


Mas Quando sai a quarta temporada?

No final de Março foram anunciadas as séries da temporada de primavera e DxD não estava lá, não me surpreendeu, com exibição entre Abril e Junho essa temporada abarca os grandes sucessos, aqueles animes populares, feitos para o molecada e que você pode assistir com sua família.
DxD deve estrear na próxima temporada, a de Outono, que vai ao ar entre Julho e Setembro, quer dizer que vai estrear em Julho? Não! Quer dizer que deve estrear nesse intervalo de três meses, eu peço paciência que a quarta temporada foi sim confirmada oficialmente.
Cuidado com esses boateiros, que saem alardeando que a quarta temporada não existe. Mentira deles, essas pessoas baseiam-se em nada, simplesmente pensam que são inteligentes e saem falando o que acham como se fosse uma verdade absoluta.
Esse Blog trabalha com informações oficiais vindas do Japão, a confirmação veio do Dengeki Bunko que é a publicação oficial da mídia japonesa, existente desde 1993 - só isso! Todas as editoras e estúdios fazem seus anúncios, agora se seu vizinho que sai gritando: "a quarta temporada é um boato" sabe mais do que toda a indústria do entreterimento nipônico dê uma dica para ele, o cara está perdendo tempo e deveria estar trabalhando na área.
Assim que tiver qualquer notícia nós voltamos, enquanto a temporada não começa, curta a página High School DxD Brasil no Facebook clicando aqui.   

segunda-feira, 10 de abril de 2017

Porque A Vigilante do Amanhã Fracassou?

Eu já sabia! Muitas vezes essa frase tem um sabor amargo, é o caso da adaptação da adaptação de Ghost in the Shell que surpreendentemente é um bom filme de ação. 
No final de Novembro publiquei um post chamado "O que esperar de Ghost in the Shell?" (que você pode ler aqui) onde enumerei todas minhas apreensões, infelizmente acertei em cheio.
A Vigilante do Amanhã mantem-se visualmente fiel, algumas cenas são refilmadas; o ambiente cyberpunk está lá assim como a trilha sonora. As semelhanças acabam por ai. 
Ghost in the Shell possui um visual arrebatador, porém não é essa a marca do anime e sim sua profundidade.
A animação levanta a seguinte questão: "Como você sabe que você é você?", a major Motoko é um androide assombrada por lembranças de outra vida, as quais ela não tem certeza se viveu. Qual a diferença entre realidade, sonho e delírio?
Essa ideia foi levantada em Matrix quando Morpheus pergunta para Neo: "Você já teve um sonho tão real que teve alguma dúvida se era sonho ou realidade?".
Desde o anúncio das filmagens fãs ficaram com a pulga atrás da orelha, como Hollywood traduziria essas questões existências? A resposta se deu na forma mais preguiçosa possível: A adaptação não o fez.
A Vigilante do Amanhã é um bom SCI-FI de ação, feito para um público que gosta de se divertir, sem ficar pensando no roteiro (o que não é um demérito, apenas uma opção)o que incomoda é Ghost in the Shell não aparece em nenhum momento.
Quando se faz a adaptação de uma obra o mais importante é agradar o fã, até por uma questão mercadológica o fã faz propaganda boca-a-boca. Compare o que as pessoas falam de Power Rangers e o silêncio em torno de A Vigilante do Amanhã.
Se o público mais interessado ignora o que dirá a grande audiência? Que não ouviu ninguém falar do filme? Uma pena.
O públio de anime é diferente do público de quadrinhos, eles toleram menos a descaracterização. Existe um projeto de adaptar Naruto, esse sim pode ser um filme de ação genérico, pois Naruto é um mangá/anime genérico e por isso possui muitos fãs, Ghost in the Shell possui outro tipo de público, que mandou um recado.
O filme custou US$ 110 milhões e no final de semana de abertura (aquele em que mais se arrecada) rendeu US$ 19 milhões nos EUA e US$ 59 milhões no mundo - a ação de marketing foi particularmente bem feita, com festas de anúncios no Japão e EUA, auxílio de youtubers (que estão mais próximos dos Otakus), tendo um alto custo, que não entra no valor divulgado. 
Marketing é igual a designer, não adianta ser bem feito se não tiver profundidade, no fundo são ações vazias, servem apenas para vender um produto, no caso friamente rejeitado pelos fãs. Espero que Hollywood aprenda. 

"Os Deuses Mortos" Sete Anos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...