Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

terça-feira, 8 de junho de 2010

Mini contos: O que fazer quando se esquece a lição de casa


Aki dormia de boca aberta recostada na cadeira de pernas cruzadas, seu ronco começava a incomodar Rika, esta perde novamente sua concertação reiniciando o parágrafo de seu livro pela terceira vez. Percebendo a dificuldade de sua amiga Hitomi deixa cair uma borracha cor-de-rosa em formado de coelho dentro da boca de Aki, esta acorda engasgada, Rika olha assustada para Hitomi.
- Como você é má.
- Brinca comigo para você ver.
Recuperada do susto Aki encara suas amigas, logo percebe que elas estavam lendo o mesmo livro, assim como alguns de seus colegas.
- Ei Rika, por que todos estão lendo o mesmo livro?
Hitomi e Rika olham assustadas para Aki, que coçava sua orelha com o dedo mindinho.
- O livro está na moda ou foi algum menino que recomendou e vocês querem impressiona-los.
- Você não leu o livro? - Rika estava perplexa - temos que entregar uma resenha hoje.
- Bom - Aki ainda estava despreocupada, olhando com noja para o dedo com o qual coçou a orelha - o que não está feito não está feito.
- O trabalho vale um terço da nota, se você não entrega-lo vai ter que acertar tudo na prova para tirar 6.
- Ma... ma... mas vocês ainda estão lendo.
-meu trabalho está pronto, eu só estou re-lendo para tirar algumas dúvidas.
- Hitomi?
- Eu terminei há duas semanas, como eu gostei tanto do livro estou lendo de novo.
- Vocês me ajudam?
- Não - as duas garotas falam em ressonância.
- Podem me contar a história do livro?
- Não - ainda em ressonância.
- Posso copiar o trabalho de vocês?
- Não - mais uma vez com ressonância e indignação.
Aki olha em volta percebendo que todos estavam com seus respectivos trabalhos sobre a mesa, menos ela.
- Desista Aki o trabalho é para a ultima aula.
Aki sorri maquiavelicamente, ela levanta-se e corre para fora da sala, em alta velocidade ela percorre os corredores, arrombando a porta de uma sala de aula com um chute, ela aponta seu dedo para o nerd Takami (ele também aparece no conto) gritando "você!" sem dar tempo para reações Aki invade a sala de aula, pega Takami pelo colarinho e o arrasta para o pátio do colégio onde o joga num banco e explica sua situação.
- Entendi seu problema, mas é impossível fazer uma resenha em uma hora.
- É por isto que chamei você Takami, você é solitário, esquisito e feio do tipo que as mulheres fogem, logo deve ter muito tempo para ler. Você conhece o livro não é?
- Sim eu li - ele estava irritado com as ofensas de Aki - mesmo assim uma hora é pouco.
- Como pouco se alguém como você não tem nada melhor para fazer? Seus amigos são chatos, as garotas te ignoram, além do mais você gosta de estudar.
Takami levanta-se para ir embora, impedido por Aki.
- Por favor me ajude.
- Um beijo - ele olha superior para a garota boquiaberta - eu troco minha ajuda por um beijo seu.
- Vai para o inferno.
- Então se vira.
Assim que Takami vai embora Aki olha em volta onde mais uma garota estava lendo o mesmo livro, preocupada ela olha em volta procurando outra solução, ela olha para o relógio faltavam 55 minutos para a entrega da resenha, Aki corre para entro do colégio.
Takami estava de volta à sala de aula quando Aki invade novamente a classe correndo ela salta por sobre duas fileiras de estudantes caíndo de pernas trançadas em Takami, ela segura a cabeça dele com suas mãos e tasca um beijo de língua de 10 segundos. Após o beijo ela lhe entrega o livro.
Minutos depois Takami estava do lado de fora da sala sentado no chão escrevendo a resenha, Aki estava atrás dele na mão esquerda ela segurava um enchaguante bucal, com o qual limpava sua boca e na direita um pedaço de bambu com o qual ela incentivava Takami.
- Fica difícil escrever levando pauladas.
- Cala a boca e escreve - Aki pisa repetidas vezes na cabeça dele - sem desculpas.
Faltavam cinco minutos, Aki segurava uma maça de ferro cravada com espinhos de aço para o acaso de Takami não terminar a resenha a tempo. Faltando dois minutos o garoto entrega a resenha para Aki que corre para sua sala, invadindo a classe e entregando a resenha para a professora. Esta pega o trabalho confusa enquanto Aki recupera o fôlego.
- Eu ia falar sobre a resenha, alguns aluno pediram mais tempo e eu adiei a entrega para semana que vêm.
Aki desmaia, deixando sua professora confusa.
FIM

Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...