Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

segunda-feira, 28 de março de 2011

Rogério Ceni x 100 ou Rogerio o semideus

O maior dos maiores, talvez seja esta a melhor definição para Rogerio que de tão diferenciado joga com a camisa 01, um lembrete para os demais goleiros - ele está na frente de todos. Rogério já foi o melhor do mundo, hoje no final de carreira se contenta em ser o melhor no e do Brasil - Julio Cesar que me perdoe, você é segundo, Julio é o número 1 do brasil, Rogério é o 01.
Não foram os cem gols que fizeram Rogerio virar mito, mas sim sua carreira, sua postura de quem sabe que é o melhor e não tenta disfarçar, criticado por por aqueles que "acreditam que humildade é qualidade" Rogério sabe que qualidade é não se envergonhar de seu talento ou moldar sua personalidade para agradar.
Rogério é mito, é semideus, "filho" de Zetti criado por São Paulo atingindo status de divindade de ser mitológico, residente no panteão e servo de seu pai divino. Rogerio supera seus adversários com um sorriso no rosto de quem sabe que é o melhor, sim ele é o melhor e agora é o maior da história, não apenas pelas defesas mas por seus gols.
O que falar de um goleiro que entra na história por ter feito 100 gols? É apenas uma formalidade, Rogerio foi o primeiro capitão a levantar a taça de campeão brasileiro três vezes consecutivas, campeão do mundial (do verdadeiro) e da Libertadores, ele defendeu penalti com pé luxado, fez milagres, levou o melhor clube ao patamar de maior. Este é Rogerio Ceni.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...