Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

segunda-feira, 2 de maio de 2011

A Fusão PSDB-DEM-PPS é bom para os Democratas e ruim para os tucanos


Na ultima quinta-feira, 28/04/11 o governador Alckmin comentou sobre a possível fusão dos três partidos da oposição:
"É um tema a ser discutido: PSDB, DEM e PPS, os partidos de oposição, mas este é um assunto a ser aprofundado. Eu vejo com bons olhos, mas isso não tem pressa e não precisa ser feito agora, é uma discussão partidária", disse aos jornalistas.
O governador rechaçou que o partido esteja em crise, apesar de tucanos terem abandonado a legenda.
"Não tem nada de crise. São naturais esses procedimentos que ocorrem, as pessoas têm liberdade", afirmou.
Na terça-feira, 26/08/11 o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, admitiu que há entendimentos sobre a fusão do PSDB com o DEM, mas não indicou se haverá esta união ou não.
Nos últimos dias, seis vereadores e o secretário de Esportes e Lazer do município de São Paulo, Walter Feldman, deixaram a legenda. Feldman, um dos fundadores do PSDB, acusou o grupo de Alckmin de discriminar integrantes do partido que deixaram de apoiá-lo na eleição municipal de 2008 e optaram por Gilberto Kassab, que saiu vencedor.
A candidatura de Kassab foi defendida na legenda pelo ex-governador José Serra, que atraiu integrantes de seu grupo para o apoio ao aliado que foi seu vice na prefeitura.
O prefeito anunciou em março a criação de uma nova legenda, o PSD, que tende a atrair os descontentes de DEM e PSDB. Até agora, os ex-tucanos não informaram seu futuro político.
Estas são as notícias, a seguir farei minha análise sobre os fatos:
A fusão entre PSDB e DEM enfraqueceria os tucanos por um simples motivo - a filosofia do DEM é extremamente direitista, ela surge em oposição á intenção de FHC em fazer o PSDB retornar aos primórdios do partido de orientação socialista.
Já critiquei aqui partidos de esquerda, e o próprio marxismo, por algumas razões que tentarei expor da forma mais direta possível:
1. Considero o Marxismo uma filosofia simplória, baseada na inveja cujo ignora conceitos básicos sobre a natureza humana tais como narcisismo e egoísmo, comuns a todos. Suas ideias de revolução popular e auto ajustamento de um governo dos trabalhadores é risível e dignas de pena. Simplificando ser idiota é pré-requisito para ser um marxista.
2. Os partidos esquerdistas são por definição hipócrita, pois defendem impossibilidades práticas de sua doutrina superficial, promovem o assistencialismo para comandar seus cães-eleitores e colocam-se acima da lei.
Mas como é possível criar um partido socialista sem ser marxista? É possível se aproveitarmos o caráter paradoxal da filosofia (peço perdão aos filósofos por chamar este lixo de filosofia) - Marx denunciou à alienação social e identificou uma massificação no fordismo. Porém suas ideias para combater a alienação e a massificação ignorando a individualidade. Ao afirmar que todos são iguais ele promove a mediocridade e a alienação.
Desta forma um governo socialista deve ser entendido como “socialismo” voltado para o fim da alienação por meio de esmolas, a retirada da coleira, mas voltando atenções para classes mais pobres, sem dar nada apenas favorecer possibilidades, muito diferente de criar bolsas.
São ideias que parecem utópicas, por um simples motivo todos olham e pensam “è impossível”, lembro-me de uma propaganda eleitoral do PSDB, ainda na era Collor, onde a floresta pegava fogo e um tucano tentava apagar o incêndio sozinho enquanto os demais animais diziam “é impossível, você nunca vai conseguir, falou-se o mesmo sobe a inflação e FHC resolveu”.
Voltando ao DEM, este partido já teve mais importância no combate ao PT, porém sua vocação e passado direitista (ARENA) colocam-se em oposição ao discurso de FHC em retornar ao início de PSDB. Já o PSB combina com o discurso do mestre tucano e seus políticos seriam bem vindos.
Por fim temos o abandono de alguns fundadores do partido. Esta nova política tucana direitista interfere diretamente no abandono, também considero que um novo partido oferece novas vantagens e oportunidades e cá entre nós nenhum político é bobo ou ingênuo. Porém o próprio PSDB foi fundado por políticos provindos do PMDB; partidos políticos tendem a crescer e se dissipar. Quando um partido cresce ideais se modificam, a dissidência torna-se um “movimento natural” que não pode ser impedido, mas assimilado, nenhum grande partido tornou-se pequeno ao perder membros importantes e nenhum grande partido pode perder membros importantes sem gerar novos nomes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...