quinta-feira, 30 de junho de 2011

A Copa América I: Vou torcer pelo Uruguai


Quem acompanha este blog desde a Copa do Mundo conhece meu encanto pela Celeste Olímpia, uma seleção que demonstra muita garra, muita vontade, eles comem grama, arranca naco de terra e correm como correm.
Outro motivo para torcer pelo Uruguai é "nossa CBF" Ricardo Teixeira se diz bi campeão Mundial (1994 - 2002) e eu pensando que estes eram os jogadores. Pela lógica do Ricardão um título da seleção é um título para ele, meu objetivo final é torcer pelo fracasso da seleção na Copa de 2014 é a única forma de (tentar) promover uma mudança.
São três grupos com quatro seleções por grupo sendo dois convidados México e Costa Rica, inicialmente seria o Japão, mas este se retirou devido ao tsunami, o que é uma pena pois Copa América com Japão seria muito interessante.
Seguem os jogos desta semana e da próxima, com meus respectivos palpites - vamos ver se eu continuo bom de palpite:
01/07 – 21:45 – Argentina x Bolívia
Jogo com início complicado, mas vitória tranquila da Argentina no segundo tempo
02/07 – 15:30 – Colômbia x Costa Rica
Difícil dizer a Colômbia costuma afinar, Costa Rica é uma droga... vitória sofrida da colômbia
03/07 – 16:00 – Brasil x Venezuela
Brasil leva fácil, Venezuela é freguês
03/07 – 18:30 – Paraguai x Equador
O time de Larissa Riquelme não encontrará dificuldades - vitória paraguaia
04/07 – 19:15 – Uruguai x Peru
Goleada uruguaia e Suárez inicia sua caminhada para artilharia do campeonato
04/07 – 21:45 – Chile x México
O México vem com time Sub 22 o qual está desfalcado de 8 atletas, j[á o Chile é rápido o ofensivo, porém sem brilho – Vitória do Chile
06/07 – ? – Bolívia x Costa Rica
Candidato a pior jogo da Copa este deve dar empate - fuja deste jogo
06/07 – ? – Argentina x Colômbia
Aqui a Argentina deve vencer, mas com alguma dificuldade, a Colômbia, mesmo sendo fraca, gosta de dar trabalho aos hermanos.
Volto semana que vêm com a análise da rodada, conferindo meus resultados e mais palpites.
Antes de ir deixe-me explicar a moça é a musa (da semana) da Copa América, para ser coerente escolhi uma uruguaia: Stephany Ortega nascida em Montevidel à moça foi Miss Uruguai 2010.
Com olhos verdes, cabelos castanhos, 174 cm com muita beleza e sensualidade Stephany representa bem o passado glorioso do futebol uruguaio, que ameaça voltar aos anos de glória.

segunda-feira, 27 de junho de 2011

FHC por FHC parte I O Homem, o sociólogo, o político


No dia 19 de Julho FHC concedeu uma entrevista para Folha Ilustríssima, do jornal Folha de São Paulo onde falou sobre descriminalização da maconha, intelectualismo e futuro político do PSDB separei alguns pontos da entrevista e o separei em dois tópicos.
Nada melhor para iniciar está série de tópicos do que pelo homem. Aos 80 anos Fernando Henrique vive sozinho em seu apartamento em Higienópolis, onde é visitado por seus filhos, amante de poker e admite participar da esquerda brasileira.
O presidente se define como uma pessoa de "temperamento conciliador e pensamento conflitivo" - podemos ver analogia na autoimagem de FHC de esquerdista (a qual concordo) ou no político sociólogo, duas profissões que se distinguem mas permitem uma conciliação social.
Aproveitando o gancho da política é bem desmentir um mito a cerda de Fernando Henrique a frase "esqueçam o que escrevi" supostamente dita em 1993 em um jantar de empresários quando ainda era ministro da fazenda FHC rebate "nunca ninguém afirmou que tenha ouvido esta frase; é maldade pura". Ao contrário o mesmo se mantém fiel a sua obra e aos seus princípios, os fazem parte ideias sessentistas onde FHC discordava dos sociólogos Theotonio dos Santos, Rui Mauro Martins e o americano André Gunder cuja afirmação de que o brasil só sairia da estagnação ao abandonar o capitalismo. FHC remava contra a corrente tendo como base a industrialização brasileira.
Se hoje nosso país progride é por que o modelo econômico do PT limita-se a copiar o implantado por FHC que adaptou o brasil à globalização, "a maior injustiça que fazem comigo é me chamar de neoliberal. O que fiz foi restaurar o estado" - o repórter conclui "de certa forma, o político FHC 'realizou' o que o intelectual Fernando Henrique escreveu - muito mais por exemplo, do que Lula cumpriu o que falava até chegar à presidência" (Fernando de barros Silva). 
Ao final da entrevista, questionado sobre ser socialista Fernando Henrique responde: "Nunca fui militante no sentido estrito. Eu era estudioso. na altura do seminário do Marx, ninguém era ligado a partido. E nunca me entusiasmei com a luta armada. Mas até hoje eu acho o sistema capitalista extremamente difícil de tragar. Pessoalmente, não aceito desigualdades. Tenho horror à prerrogativa". Este é FHC.

sexta-feira, 24 de junho de 2011

Alguns vídeos de Chiaki Kuriyama II


Semana passada postei aqui os dois primeiros clips musicais da garota, pois os mesmos estavam sendo excluídos do Youtube, hoje vou postar o último deles. Os clips estão em ordem de lançamento. O primeiro deles "Ryuusei no Namida" - sua estreia como cantora foi encomendada como tema de encerramento do anime Gundan. Ela como fã declarada de animes e mangás ela não reclamou.
"Cold Finger Gir" é o mais cinematográfico dos quatro onde ela vive uma assaltante pop - provavelmente foi inspirado nos filmes de Quentin Tarantino. Já o ultimo vídeo musical "Ketteiteki Sanpunkan" a Chiaki parece uma Bond Gril que precisa cumprir sua missão antes do tempo se esgotar, o relógio que aparece na tela nos lembra da série 24 Horas.





video

quarta-feira, 22 de junho de 2011

Viviane Bordin



Imaginem esta cena: você está doente, caído, para baixo em um quarto de hospital quando uma loira de 1.71m, com olhos azuis e boca carnuda vem cuidar de você. Esta fantasia poderia ser real, se Viviane Bordin não tivesse abandonado a carreira de auxiliar de enfermagem para ser modelo, no ano de 2001.
Natural de Cascavel, interior do Paraná Viviane mudou-se para o Balneário Camboriú entre 2000 e 2001 onde vive até hoje. Sua carreira como modelo começou com o conselho de uma  amiga, esta sugeriu que Vivi (desculpem a intimidade) participasse do concurso Beach Girl de 2002 não deu outra aos 22 anos ela ingressou na carreira de modelo, hoje aos 30 anos ela tem uma carreira consolidada tendo duas capas da revista Playboy na carreira e inúmeras campanhas publicitárias.
Antes de prosseguir vamos puxar a ficha da moça: data de nascimento: 17 de março de 1981. Medidas: 90 cm de busto; 66 cm de cintura; 96 cm de quadril distribuídos em 1.71 m e 59 quilos.
Fora as revistas nacionais Viviane foi capa da playboy mexicana; Hombre Magazine da Argentina; Maxim Magazine do México e representante brasileira na Miss Playboy. Isto sem contar as campanhas publicitárias para Calvin Klein e Sun Coast, porém a história mais interessante foram fotos para uma marca de Snowboard, a garota estava de férias na estação de esqui francesa, Val d´lsère, quando o responsável pela marca fez o convite para estrelar a campanha.
A pesar da profissão Viviane é tímida, ela está casada, amante de comida japonesa e vinho. Desportista a moça é surfista e corintiana, ama praia e seu lugar preferido para viajar é o Caribe. Elase diz apaixonada pela vida, detesta mentiras e seu ídolo é Deus.


Alguns link da Viviane Bordin para conhece-la melhor:




segunda-feira, 20 de junho de 2011

Meus heróis morreram de overdose ou Chico e Betânia, a morte de uma ideologia


"Meus heróis morreram de overdose, meus inimigos estão no poder" (Cazuza/Frejat).

O gênero é outro, o cantor também, mas a mensagem é válida "Ideologia" do Cazuza é quase cruel de tão direta e cortante. Se voltarmos aos anos da ditadura tínhamos alguns gênios lutando pela democracia, "Como nossos pais " (letra de Belchior mas famosa pela interpretação de Betânia) ou "Cálice" - uma das mais belas letras já escritas tratam de uma ideologia, provam reflexões, quem ouvia estas músicas contestava o governo militar.
Mais do que artistas Chico e companhia eram fundamentais para nosso país virar país, com o fim da ditadura Chico, Caetano e Gil fizeram o jingle da primeira campanha do Lula a presidência, até ai eles estavam sendo coerentes, estavam sendo democráticos. Cada um apoia quem quiser oras!
A coisa começa a mudar de figura na primeira eleição do lula, aquele que se dizia diferente e zeloso com o social mostra-se apenas mais um assistencialista de merda, e "aqueles garotos que iriam mudar o mundo assistem tudo de cima do muro" - o governo de esquerda mostrou-se mais de direita do que outra coisa, ideologias foram rasgadas.
Nas ultimas eleições para o governo do estado de São Paulo o candidato Ruffalo questiona Mercadante sobre suas ideologias, este responde que o PT fez uma opção por vencer as eleições - "minhas ilusões estão todas perdidas" é o que deveria ter pensado Chico, Ana Buarque ou Maria Betânia. Imaginem se durante a ditadura um deles tivesse dito: - "optamos por ficar no poder"? O que seria do brasil se ainda tivesse nas garras dos militares?
Ao que parece estes três se esqueceram de quem foram - "os meus sonhos foram todos vendidos" Chico apoiou Dilma com muito entusiasmo, parecia mais uma campanha feita por um sonhador, talvez um romântico que ainda acreditava até a posse: primeiro veio à nomeação de Ana Buarque para o ministério da cultura - as palavras: troca de favores são inevitáveis. Este é o jogo de Brasília, não posso empregar meu filho, mas meu colega pode, uma mão lava a outra. "E aquele garoto que ia mudar o mundo. Frequenta agora. As festas do Drand Monde”. Porém a estoca final em nossas almas foi a proposta para o blog de Maria Betânia, esta receberia R$ 1.356.858 "eu vou pagar a conta do analista, pra nunca mais saber quem eu sou". Esta excrecência foi impedida pelo clamor popular, até o rebanho achou que era demais.
Betânia e Chico são excepcionais cantores e compositores, suas músicas serão eternas e nós brasileiros seremos eternamente gratos por sua luta. Porém suas almas apodreceram, o cheiro da ideologia putrefata está se espalhando pelo ar. Teremos que fazer como Nietzsche procurando por nossos heróis com uma lanterna em plena luz do dia, para proclamar que estes estão mortos, Chico e Betânia os mataram, mas sua ideologia ainda vive em suas músicas, como sombras gravadas na parede de uma caverna.

sábado, 18 de junho de 2011

Alguns clipes musicais de Chiaki Kuriyama





Já falei neste blog sobre Chiaki Kuriyama no Deusas vivas por isto pouparei apresentações mais prolongadas. A garota começou sua carreira artística como modelo, mas seu objetivo final sempre foi o cinema.
Em 2002 ela interpretou Gogo Yubari, em Kill Bill, desde então se consolidou uma carreira cinematográfica, até o início desde ano quando Chiaki lançou seu primeiro CD "Cyrcus". Este é o objetivo deste tópico.
Como o Youtube vem deletando os clipes dela decidi postar seus dois primeiros clipes aqui com o intuito de preserva-los para seus fãs brasileiros que não tem acesso ao material e uma oportunidade para quem não conhece ou nunca ouviu falar, mas caiu por acidente aqui nos deuses mortos.





Ryuusei no namida

video



Cold Finger Gir

video

"Os Deuses Mortos" Sete Anos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...