Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

segunda-feira, 29 de agosto de 2011

Começa a corrida: os pré-candidatos para prefeitura de São Paulo

Ano que vem teremos eleições para prefeitos, aqui em São Paulo os partidos começam a se movimentar e nomes surgem como possibilidades. Por enquanto o PSDB surge com quatro nomes em potencial: o secretário de energia, José Anibal; o secretário do meio ambiente Bruno Covas; o deputado Ricardo Tripolli e o secretário da cultura Andrea Matarazzo. Todos são bons nomes administrativos:
José Anibal
 
José Anibal é figura comum na política, de início ele teria mais votos. Anibal pertence a uma ala mais antiga do PSDB e durante a eleição de Serra foi o vereador mais votado. Ao que parece o secretário quer dar um salto a mais na carreira, contra ele depõe o fato que em sua longa carreira política Aníbal nunca assumiu um cargo administrativo.
Bruno Covas
   Já Bruno Covas conta com seu sobre nome e a herança política de um dos melhores políticos que este país já tese (se não o melhor) Bruno é simpático, o eleitorado parece gostar dele, porém sua falta de experiência pode depor contra em debates contra políticos mais experientes.
 
Matarazzo é um bom político, conta com o apoio de Alckmin a pesar de ter participado do governo Kassab ele pulou fora ao ver o que estava saindo e assumiu a pasta da cultura no governo do estado. De todos os pré-candidatos ele é de longe a menos conhecido.
Andrea Matarazzo

 
Tripolli tem uma longa carreira, seu nome é familiar ao eleitorado e sempre defendeu o direito dos animais, o meio ambiente e a sustentabilidade - temas em destaque que atrairiam possíveis eleitores da Marina Silva.
Ricardo Tripolli
O mais provável é que os tucanos façam prévias para decidir o dono da vaga, sem nenhum favorito; Em contra partida é quase certo o nome do educador/filósofo/ex-tucano Gabriel Chalita saia candidato pelo PMDB; o atual prefeito, Gilberto Kassab, não tem um nome forte em seu novo partido e deve apoiar um nome em particular - ele acena com Eduardo Jorge, secretário do meio ambiente, do PV. 
Gabriel Chalita


 
O PT conta com dois possíveis nomes: Marta Suplicy quer mais uma chance para destruir São Paulo, a pesar de contar com forte apoio populista ela luta contra Lula que prefere Fernando Haddad, o perfeito estereótipo de comunista um professor universitário de esquerda é sempre referência, independente da qualidade de suas aulas, é neste romantismo que Lula aposta.
Marta Suplicy

Lula está reunindo toda sua força para lançar Haddad, contando com apoio de "intelectuais" os mesmos que não percebem o óbvio: a escolha de Lula justifica sua arrogância em eleger qualquer um que o mesmo apoie. Pelo menos estamos livre de uma candidatura do nove dedos.
Fernando Haddad
Corre por fora Vladimir Safatle, bolivariano, adepto da luta armada Vladimir é praticamente carta fora do baralho. A corrida começou agora é esperar pela reta de chegada (as eleições em si) e torcer pelo bom senso dos paulistas e dos partidos.

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Mulheres gostosas


A sensualidade é assunto caro para nossa cultura a qual valoriza e condena ao mesmo tempo; motivo de orgulho e vergonha. O brasil (ainda estou escrevendo brasil com "b" minúsculo) vangloria-se de ter as mulheres mais belas do mundo (falarei mais para frente) enquanto inventa piadas de loiras burras.
Vou aproveitar o ultimo exemplo - a gostosa burra é um papel atribuído a muitas mulheres sensuais ou gostosas profissionais, é como se fosse necessário uma desvalorização para poder aprecia-las, a final nada é perfeito. Mas elas são gostosas.
Estas gostosas profissionais assumem um papel de objeto de desejo - desejamos vê-las, desejamos come-las, desejamos tê-las ao nosso lado, elas assumem função de ideal masculino do desejo - cria-se o rótulo da mulher brasileira ser a mais desejada do mundo, é como se nós, brasileiros, estivéssemos dizendo aos outros homens do mundo "nos inveje".
Esta é apenas uma visão masculina. Tentando ampliar minha visão relembro uma frase que aparece em 99% de entrevistas com estas gostosas, seria algo como - ser fotografada valoriza a autoestima. Em geral o(a) entrevistador(ar) fica perplexo(a): como assim elevar a autoestima? Você não tem espelho em casa? Estas mulheres tentam nos convencer de que elas são normais.
Mas elas são normais, por pior que possa soar aos ouvidos masculinos estas mulheres são pessoas comuns como eu e você, diferentemente de nós elas trajam um papel que atende aos nossos mais obscuros desejos, desejos nossos e delas, pois uma mulher desejável que sabe que é desejável sente-se bem, ela sente prazer pelo seu corpo "perfeito", neste momento temos o outro lado da sensualidade ideal.
Estas mulheres são corajosas, elas exploram áreas pouco exploradas por nós, sua personagem é perfeita fisicamente parecem deusas gregas, exercem encanto sobre os homens e mulheres ao mesmo tempo em que prometem ares de máquinas sexuais, dentro desta fantasia não existem limites. Porém a perfeição não é tão bem aceita, ela deve ser avariada, criam-se as "loiras burras". Outro protesto provém das mulheres um misto de dificuldade por explorar esta área somada a inveja pela personagem perfeita gera o mais puro ódio disfarçado como moralismo.
Já escrevi algo semelhante em outro post "Ela, a bunda" sobre a evolução humana estipulada pela sexualidade e como algumas mulheres renegam sua própria sexualidade atribuindo esta "função" de mulher como objeto de desejo para outras mulheres, elas preferem assumir o papel da "mulher sérias” permitindo assim puladas de cerca ocasionais por seus companheiros.
Falta para estas mulheres "sérias" o conhecimento de que elas também podem ser sensuais e desejáveis, basta ter este papel, em bora a mulher gostosa assuma esta função qualquer mulher pode ser desejável, atraente e sedutora basta assumir este papel, não é algo simples pois seria necessário aceitar seu lado mais regredido e permitir que este venha a tona.   

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Qual o maior time brasileiro?


Esta pergunta motiva discussões entre amigos levanta teses baseado em torcida, vitórias recentes e até times emergentes. Tentando tirar algo de bom do campeonato brasileiro jogarei gasolina no incêndio tentando descobrir qual o maior time do campeonato brasileiro.
Para cumprir esta tarefa vou atribuir valores aos títulos de cada time, títulos mais importantes recebem valores maiores, títulos insignificantes (como campeonatos estaduais) recebem valores menores. Como critério usarei os títulos impressos no álbum do campeonato brasileiro 2011 estando de acordo com a odiosa CBF.
Outro critério: farei avaliação de clubes que estejam disputando a série A - a final time grande não frequenta segunda divisão; outro fator importante, atribuirei os valores para cada título antes de ver os títulos do meu time do coração, assim se ele ficar atrás de algum rival problema meu. Serei o mais isento possível.
Mas por que não somei os títulos de cada time? O Ceará, por exemplo, possui 40 títulos estaduais e nada mais. O que vale o campeonato Cearense? Nada, assim como o paulista, carioca, mineiro, etc... Sobre o resultado final tive algumas surpresas, times tradicionais somaram poucos pontos, alguns rivais regionais como Internacional e Grêmio ficaram próximos enquanto outros rivais como Cruzeiro e Atlético estão separados por um precipício. O fundamental é não levar esta porcaria a sério e se divertir.

Valores dos títulos:
Mundial: 30 pontos
Libertadores da América: 20 pontos
Campeonato Brasileiro: 10 pontos
Copa do Brasil: 5 pontos
Campeonatos intercontinentais (Conmebol, taça rio, mundial da FIFA, etc.) 2 pontos
Campeonatos nacionais extintos (Taça Brasil, Copa União, etc...) 1 ponto
Campeonatos estaduais: 0.5 pontos
Campeonatos interegionais/regionais extintos (Rio-São Paulo, Sul-Minas, etc...) 0.25
Campeonato Brasileiro Série B: -1 ponto
Campeonato Brasileiro Série C: - 2 pontos

Mundial:
Flamengo; Grêmio; Internacional; Santos (2); São Paulo (3);

Libertadores:
Cruzeiro (2); Flamengo; Grêmio (2); Internacional (2); Palmeiras; Santos (3); São Paulo (3); Vasco da Gama;

Campeonato Brasileiro:
Atlético MG; Atlético PR; Bahia (2); Botafogo; Corinthians (4); Coritiba; Cruzeiro (2); Flamengo (5); Fluminense (3); Grêmio (2); Internacional (3); Palmeiras (8); Santos (8); São Paulo (6); Vasco da Gama (4), Guarani (1);

Copa do Brasil:
Corinthians (3); Cruzeiro (4); Flamengo (2); Fluminense (3); Grêmio (4); Internacional; Palmeiras; Santos; Vasco da Gama;

Intercontinentais:
Atlético MG (2); Botafogo; Corinthians; Cruzeiro (3); Figueirense; Flamengo (3); Fluminense (2); Grêmio; Internacional (2); Palmeiras (3); Santos (3); São Paulo (5); Vasco da Gama (2);

Nacionais extintos:
Botafogo;Guarani

Estaduais:
América MG (15); Atlético GO (12); Atlético MG (40); Atlético PR (22); Avaí (15); Bahia (43); Botafogo (19); Ceará (40); Corinthians (26); Coritiba (35); Cruzeiro (37); Figueirense (15); Flamengo (32); Fluminense (30); Grêmio (36); Internacional (40); Palmeiras (22); Santos (19); São Paulo (21); Vasco da Gama (22);

Interegionais/regionais extintos:
Bahia (2); Botafogo; Corinthians (5); Flamengo; Fluminense (2); Palmeiras (5); Santos (5); São Paulo (2); Vasco da Gama (2);

Brasileiro série B:
América MG; Atlético MG; Atlético PR; Corinthians; Coritiba (2); Grêmio; Palmeiras; Vasco da Gama;

Brasileiro série C:
América MG; Atlético GO (2); Avaí;

Ranking:
1- São Paulo 230,75
2- Santos 221,75
3- Flamengo 132.25
4- Internacional129
5- Grêmio124
6- Palmeiras 122.25
7- Cruzeiro 104.5
8- Vasco da Gama 79,75
9- Corinthians 70,25
10- Fluminense 54.5
11- Bahia42
12- Atlético MG33
13- Coritiba 25,5
14- Botafogo 23.5
15- Ceará20
15- Atlético PR20
16- Guarani 11
17- Figueirense 9.5
18- Avaí 5.5
19- América MG 4.5
20- Atlético GO2

quinta-feira, 18 de agosto de 2011

Estão querendo passar a mão 4: A verdadeira minoria ou Ser honesto, contribuinte e caucasiano nos dias de hoje - um e-mail que recebi


Alguns dias atrás recebi um e-mail intitulado "Branco, contribuinte, eleitor... pra que?" apenas o título deste e-mail já seria suficiente para uma reflexão sobre quem é a verdadeira classe excluída. A classe média ignorada, ofendida e depreciada pelo governo petista refle que a nova moda é "ser vermelho", vamos ao e-mail:

O advogado Ives Gandra da Silva Martins, professor emérito das universidades Mackenzie e UNIFMU e da Escola de Comando e Estado do Exército e presidente do Conselho de Estudos Jurídicos da Federação do Comércio do Estado de São Paulo "Hoje, tenho eu a impressão de que o "cidadão comum e branco" é agressivamente discriminado pelas autoridades e pela legislação infraconstitucional, a favor de outros cidadãos, desde que sejam índios, afrodescendentes ou se autodeclarem pertencentes a minorias submetidas a possíveis preconceitos.

Assim é que, se um branco, um índio e um afrodescendente tiverem a mesma nota em um vestibular, pouco acima da linha de corte para ingresso nas Universidades e as vagas forem limitadas, o branco será excluído, de imediato, a favor de um deles! Em igualdade de condições, o branco é um cidadão inferior e deve ser discriminado, apesar da Lei Maior.

Os índios, que, pela Constituição (art. 231), só deveriam ter direito às terras que ocupassem em 5 de outubro de 1988, por lei infraconstitucional passaram a ter direito a terras que ocuparam no passado. Menos de meio milhão de índios brasileiros - não contando os argentinos, bolivianos, paraguaios, uruguaios que pretendem ser beneficiados também - passaram a ser donos de 15% do território nacional, enquanto os outros 185 milhões de habitantes dispõem apenas de 85% dele.. Nessa exegese equivocada da Lei Suprema, todos os brasileiros não-índios foram discriminados.

Aos 'quilombolas', que deveriam ser apenas os descendentes dos participantes de quilombos, e não os afrodescendentes, em geral, que vivem em torno daquelas antigas comunidades, tem sido destinada, também, parcela de território consideravelmente maior do que a Constituição permite (art. 68 ADCT), em clara discriminação ao cidadão que não se enquadra nesse conceito.

Os invasores de terras, que violentam, diariamente, a Constituição, vão passar a ter aposentadoria, num reconhecimento explícito de que o governo considera, mais que legítima meritória a conduta consistente em agredir o direito. Trata-se de clara discriminação em relação ao cidadão comum, desempregado, que não tem esse 'privilégio', porque cumpre a lei.

Desertores, assaltantes de bancos e assassinos, que, no passado, participaram da guerrilha, garantem a seus descendentes polpudas indenizações, pagas pelos contribuintes brasileiros. Está, hoje, em torno de 4 bilhões de reais o que é retirado dos pagadores de tributos para 'ressarcir' aqueles que resolveram pegar em armas contra o governo militar ou se disseram perseguidos.

O Dr. Ives refere-se ao INCISO IV DO Art. 3º DA CONSTITUIÇÃO FEDERAL A QUE SE REFERE O DR. IVES GRANDA, NA ÍNTEGRA:
"promover o bem de todos, sem preconceito de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas de discriminação."
"De tanto ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra, de tanto ver crescer a injustiça, de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus, o homem chega a desanimar da virtude, a rir-se da honra, a
ter vergonha de ser honesto". (Senado Federal, RJ. Obras Completas, Rui Barbosa. v. 41, t. 3, 1914, p. 86).


Voltei:

Acho que não sobrou muito que falar a não ser que hoje em dia ter um pensamento dito socialista é ser a favor da discriminação, da desigualdade, do assistencialismo, dos criminosos. É fechar os olhos, tapar os ouvidos e dizer para si mesmo "estamos combatendo a desigualdade" até acreditarem no discurso petista.

segunda-feira, 15 de agosto de 2011

Popularidade da Dilma cai, entenda o porquê


A ultima pesquisa CNI/Ibope mostra que a presidenta Dilma Rousseff teve uma queda de seis pontos percentuais na sua popularidade. Segundo o levantamento a avaliação positiva da presidenta caiu de 73% para 67%, entre abril e agosto. A avalição negativa subiu de 12% para 25%.
A aprovação pessoal da petista é mais elevada na região Nordeste (70% dos entrevistados registram aprovação) e menor na região Sul (com 61% de aprovação). O resultado repete desempenho de Dilma na eleição presidencial quando venceu José Serra (PSDB), que teve mais votos nos Estados do sul do País.
A queda foi maior na aprovação do governo como um todo. Segundo a CNI/Ibope, nesse caso o recuo foi de 8 pontos percentuais em relação à pesquisa divulgada em abril. Os novos dados mostram que 48% dos entrevistados consideram o governo ótimo ou bom, número que era de 56% na sondagem anterior. O governo é considerado regular ou péssimo por 48% dos entrevistados, ante 32% na pesquisa de março.
O levantamento foi feito após as demissões dos ex-ministros Antonio Palocci (Casa Civi), em 7 de junho, e Alfredo Nascimento (Transportes), em 6 de julho A presidenta ainda teve de lidar com demissões no Departamento de Infra Estrutura de Transportes (DNIT) e antes das irregularidades nos ministérios da Agricultura e do Turismo. Os respectivos secretários-executivos foram envolvidos. Milton Ortolan (Agricultura) demitiu-se e Frederico Costa (Turismo) foi preso pela Polícia Federal.
A confiança na presidenta também teve uma queda, apesar de ainda continuar acima dos 60%. Segundo a pesquisa, 65% dos entrevistados declaram confiar em Dilma. Em abril, o resultado apontava um percentual de 74%. Já o grupo dos que manifestaram desconfiança quase dobrou, de 16% para 29% dos entrevistados.
Já dizia o ditado existem três tipos de mentira: a mentira, a mentira deslavada e a estatística e números podem ser manipulados por este motivo julgo necessário uma interpretação dos dados:
Os escândalos do governo Dilma diferem do governo Lula em quantidade, não em qualidade. Ambos os governos foram marcados por corrupção e assistencialismo o diferença está no populismo de Lula, temos que admitir o filho da puta é carismático. Esta é a diferença dos dois em meio à queda de ministros Dilma se explica Lula contaria uma piada, soltaria alguns "nóis" e jogaria a culpa no preconceito contra nordestinos ou na classe média.
Sobre a pesquisa vemos que 70% dos nordestinos apoiam Dilma, número fácil de entender uma vez que as maiores partes das sanguessugas da bolsa família moram por lá, a fração animadora da pesquisa é que em outras localidades as pessoas começam a se incomodar com tanta sujeira, desta vez sem nenhum palhaço para chamar a atenção.
Nossa esperança fica em uma piora para então melhorar. Se a corrupção permanecer, a arrogância petista se mantiver podemos ter uma mudança para melhor.

quarta-feira, 10 de agosto de 2011

Juliana Montoya



Durante a Copa América me propus a fazer uma brincadeira encontrando as musas do torneio, ilustrava cada post com a foto de uma sul-americana diferente, durante esta agradável tarefa descobri Juliana Montoya, uma colombiana natural de Cali, que aos 22 anos possui vários ensaios fotográficos espalhados pela internet. Alguns disponíveis em sites brasileiros.
Ao contrário de muitas gostosas profissionais tupiniquins, que apostam unicamente no corpo e no poder da sedução para garantir seu futuro Juliana é formada em direito o que garante a ela não apenas uma meia idade segura, sem a decadência (a la Gretchen) como a possibilidade de estudar os próprios contratos profissionais sem o perigo de cair nas armadilhas de empresários inescrupulosos.
Montoya é sobre nome comum na Colômbia, comum é justamente o que esta gata não é, Juliana é um monumento, uma ode a libido masculina. Seus poucos 168 cm de altura apenas tornam suas curvas 92 cm (B) – 64 cm (C) – 98 cm (Q) mais generosas e 100% naturais, outro diferencial as nossas garotas, o aparelho nos dentes dá um ar de ninfeta contrastando com o rosto sério, porém sensual. Sensualidade, aliás, abundante (sem trocadilhos, por favor).
Juliana é a prova de que corpos perfeitos não se restringem ao funk carioca, aqui sua beleza e sensualidade não são sinônimos de vulgaridade, pelo contrário ela é fina sem pudores exagerados o suficiente para afirmar que gosta de beijos demorados, sexo suave e que perdeu a virgindade em uma excursão de colégio sem maiores comoções, em uma rápida pesquisa na Internet não encontrei nenhuma menção a qualquer barraco envolvendo a moça, apenas vídeos de ensaios fotográficos - sua sensualidade é natural.
  Romântica, amante de música (principalmente salsa) aliando um lado mais tradicional, como o amor pela culinária, com a mulher fatal ao dizer que não vive sem chocolates e homens (em meio a risadas envergonhadas) ela gasta todo seu dinheiro em lingeries, perfumes e idas aos cassinos colombianos. Sua parte preferida do corpo são "las caderas". Alguém discorda?
















 













Juliana Montoya
Idade: 22
Data de nasciment: 29/08/1986.
Mora em: Cali (Colômbia).
Cidade natal: Cali.
Medidas: 92 – 64 – 98
Estatura: 1.68.
Estado Civil: Soltera.

Mais de Juliana Montoya:

baixar suas fotos para o site "linda Pop"

site com uma rápida entrevista (em espanhol)







segunda-feira, 8 de agosto de 2011

Luz, Câmera, fuck in ou Como são feitas as cenas de sexo no cinema?

O cinema nasceu como tentativa de representação da vida, com o passar dos anos e com o advento da tecnologia esta ideia se expandi, sem nunca ser abandonada. Seja um SCI-FI, um bom suspense ou ainda um drama chinês todos os gêneros tratam essencialmente de pessoas. Evidente que alguns gêneros aprofundam-se mais do que outros, porém o assunto é essencialmente o mesmo: humanos. Nada é mais humano do que o sexo.
O sexo no cinema pode ser tratado de maneiras bem diferentes, como algo corriqueiro, agenciador de angústia, representante da Ascenção/queda ou simplesmente para ressaltar o lado erótico da trama, para cada tipo de situação existe uma maneira diferente de filmar estas cenas.
Algumas cenas são simplesmente sugeridas como um casal se beijando, seguido por uma cena dos dois enrolados em um lençol, já em outras cenas em que o sexo está presente, com corpos a mostra ou... A final estamos falando de cinema, onde tudo não passa de uma ilusão.
Halloween
 
Nada é o que parece: A cena de sexo está no roteiro, os atores concordaram com ela, mas não totalmente. Por algum motivo os membros do elenco não aceitam fazer cenas de nudez, restam duas possibilidades ou muda-se o elenco (muitas atrizes foram dispensadas do novo "Sexta-feira 13" por não aceitarem tirar a roupa) ou usam-se trucagens técnicas. A cena pode ser feita com um lençol cobrindo o casal, a câmera pode ser colocada em um ângulo onde não se revela nada (aquelas cenas onde a atriz fica de costas e vemos apenas o contorno de seus seios), usa-se uma fotografia escurecida revelando apenas a silhueta dos atores ou usa-se uma nudez parcial. Outra técnica muito interessante é usar um dublê de corpo. São aquelas cenas onde não se vê o rosto dos atores, apenas seus corpos, isto por que não são os atores que aparecem, mas sim dublês (esta técnica é esmiuçada no filme "Duble de corpo" de Brian de palma).
Acesso Restrito
 
Você pensa que é, mas não é: Os atores toparam a nudez, esqueça todas as trucagens a cima, o casal irá simular a cena de sexo, existe contato corporal, em geral carícias em algumas zonas erógenas (como seios ou nádegas), dependendo do diretor podemos ter alguns momentos mais apimentados como nas comédias de Tinto Brass ou no thriller "corpo em evidência", mas estas cenas não pertencem apenas ás produções de cunho erótico, pelo contrário. Encontramos cenas de sexo técnico em produções terroríficas: a já citada série "Sexta-feira 13", filmes do diretor Tobe Hope, até mesmo em produções mais bem financiadas como "Serpentes a bordo" ou em filmes de ação como a série Higlander ou "Mandando Bala" onde Clive Owen mata seus inimigos enquanto transa com Monica Bellucci. Estas cenas podem variar de intensidade indo desde o sexo light até o mais ousado - como o sexo a três em "Garotas Selvagens", porém nada é real.

 

Anticristo
Mandando ver: Não é comum, mas existem filmes em que o sexo é real, não estou falando da indústria pornô, mas de produções onde o sexo é parte fundamental da trama que não pode ser encenado assim ou as cenas são reais ou apenas uma parte delas são filmadas em detalhes explícitos. É o caso da primeira cena de "Anticristo" onde esta cena é fundamental para a compreensão da trama, Alguns filmes giram em torno da sexualidade como o clássico japonês "O Império dos Sentidos", o drama romântico "9 canções" ou a cinebiografia de Marguerite Duras "O Amante".      

quinta-feira, 4 de agosto de 2011

O dedo do lula capítulo Final


Ao mesmo tempo em que os irmãos encontram o dedo decepado, lá no Nordeste, Lula não fazia ideia do que acontecia na sua casa, o socialista bebia na cobertura de um hotel 5 estrelas quando sente o cheiro de enxofre.
- Ô Marisa, você peido?
- Lula - uma voz grave como o trovão irrompe pelo quarto - eu vim busca-lo.
- Ô seu diabo, senta ai e toma uma comigo.
O diabo transforma a cachaça em água, para o desespero de Lula, gritando ao perceber que possuía cinco dedos em cada mão.
- Mas o que tá acontecendo, diabão?
- Seu dedo foi descoberto, agora sua alma é minha.
- Eu imploro, pelo amor de Deus não me leve.
- Como ousa?
- Então pelo amor do diabo?
O quarto incendeia e Lula se vê no inferno, cercado por diabinhas sensuais, seminuas dançando envolta do demônio.
- Até que aqui não é tão ruim, sabe se criarmos uma bolsa inferno dá para governarmos este lugar.
- Você quer meu lugar? Não se esqueça de que fui eu que criei o assistencialismo.
- E a fome?
- A fome é uma criação humana, agora seu castigo.
Lula transforma-se em um sapo e precisa correr, sobre uma esteira, fugindo de demônios que tentam espeta-lo com lanças; assim que fica cansado Lula volta à forma humana, sendo preso em uma pirâmide a frente de um copo com água que jamais alcançará. Já quase esgotado Lula é jogado aos cães do inferno onde será devorado pela eternidade.
De volta a São Bernardo os irmãos fogem correndo da casa do Lula, encontrando seus novos colegas assustados.
- O que vocês fizeram?
- Eu - Luiz pensa melhor - minha irmã pegou o dedo do Lula.
- Não! O que você fizeram?
- O que vai acontecer agora?
- Todo o PT estava baseado no pacto com o demônio, sem este acordo será como se o partido nunca tivesse existido.
- Não, o que nós fizemos?
Epílogo
No dia seguinte os dois irmãos acordam com o sol brilhando, seus pais liam jornal "O analfabetismo no Brasil chega à zero por cento"; "Universidades brasileiras estão entre as dez melhores do mundo"; "fim do coronelismo, da fome e da miséria".
Enquanto isto no inferno Lula estava preso com os braços e pernas abertos enquanto uma broca de 50 cm de diâmetro entrava por trás o ex-presidente esbugalha os olhos.

FIM

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Politicamente incorreto ou a arte de ser um filho da puta


Estes dias encontrei na "Revista VIP" uma matéria no mínimo interessante "38 coisas que todo homem deve fazer antes dos 30 anos" é politicamente incorreta, machista, fútil ou seja tudo aquilo que é condenável hoje em dia, por isto de leitura obrigatória.
Claro que este "todo homem deve fazer" dá uma conotação normativa a matéria, mas sabendo ler este belo "guia" o leitor terá uma ideia do que é ser politicamente incorreto.
Ao contrário do que nos é passado não existem problemas em ser um filho da puta desde que não sejamos apenas um sacana, pode-se alternar momentos francos, de bom mocismo com espetaculares momentos de filha da putice. Não existe nenhum problema com nosso lado: egoísta, invejoso, sádico ou puramente destrutivo desde que existam outros lados. Uma pessoa boa, correta, certinha, educada que ajuda velinhas a atravessar a rua 24 horas por dia está muito doente, precisando de ajuda urgente.
Vamos a matéria: Ela já começa com a seguinte sugestão "sair com a melhor amiga de sua ex." criancice? Pode ser, mas todos nós temos um lado criança e não estou cogitando o mais importante não existe sexo sem duas pessoas, se você transar com a melhor amiga de sua ex. saiba que esta mulher estará transando com o ex. de sua melhor amiga.
Aliás, a sexualidade está presente nesta lista (como toda matéria da VIP) "transar com sua melhor amiga"; "trair a namorada"; "transar com duas ou mais nas mesmas 24 horas" e "sair para transar durante o expediente". Vamos por partes - o caso da melhor amiga pode modificar para sempre sua relação, não é mesmo? Bobagem a pessoa que somos hoje já é diferente da que fomos ontem, nada será igual para sempre e vale a mesma regra da amiga de sua ex., ninguém transa sozinho.
Trair a namorada? Talvez não exista nada mais contrário às estruturas sociais. As regras sociais baseiam-se nos 10 mandamentos, um deles é a fidelidade, nossa cultura é judaico-cristã e prega a fidelidade. Eu não traio, mas não condeno quem traia desde que esteja pronto para assumir uma traição de sua parceira com a mesma facilidade com que traiu. Voltando as normas sociais, a traição é socialmente aceita pelos seus amigos, o que comprova a fragilidade de tais regras. Ou como diria Nietzsche "o concubinato foi corrompido pelo casamento".
Transar com duas nas mesmas 24h. Você prometeu amor eterno e fidelidade para alguma delas? Já sair para transar durante o expediente pode ser arriscado a final você está traindo um compromisso firmado, o qual o rompimento não é socialmente aceito, cuidado.
O item mais sensacional é a sugestão de criar um perfil falso no twitter, politicamente incorreto. Nos dias de hoje falar o que se pensa pode ser perigoso, desperta inveja. Todos gostariam de fazer o mesmo, mas estão acorrentados pela moral de tal forma que não se permitem "este luxo" basta ver o exemplo de Charlie Sheen a necessidade de um perfil falso só denuncia este moralismo em que vivemos, por que não dar uma “escapadinha eventual”? 
A revista também trás outras irresponsabilidades para serem feitas algumas divertidas, outras fúteis. Todas elas levantam a mesma questão "por que não"? Saibam que onde existe pensamento não existe culpa.
A matéria "38 coisas que todo homem deve fazer antes dos 30 anos" está na Revista VIP ano 30, número 6 - edição especial de 30 anos com Maria Mello na capa, Junho de 2011.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...