Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Um pouco de prepotência, um pouco de golpe: Nos bastidores da reeleição de Lula

Já são passados cinco anos da reeleição de Lula, já fazem seis anos do escândalo do mensalão, dizem que nós temos memória curta, acredito que é verdade, não por uma questão neurológica ou genética que afete apenas o povo brasileiro mas sim pela cultura escravista que mantemos. O brasileiro em geral troca o conhecimento por migalhas e diversão momentânea. Estou esperando por uma edição do Globo repórter que explique nossa postura pela alimentação de alguma comida popular, como o feijão.

Mas por que voltar a este tema batido? Pelo simples fato de que não existem temas batidos apenas pessoas desinteressadas e comodistas: O ano é 2005 Lula e o PT estão com a corda no pescoço, o mensalão explodiu expondo a sujeira petista, Severino Cavalcante, presidente da câmara afirma estar pronto para assumir a presidência da república, caso haja um impitimam a oposição opta por esperar pelas eleições, ninguém queria ser responsável por elevar Severino a presidência.

No ano de 2006 o PSDB possui dois pré candidatos José Serra que estava empatado com Lula nas pesquisas e Alckmin, que perdia no primeiro turno, o segundo surge forte dentro do partido, corretamente agressivo, a ele juntam-se aliados enquanto Serra está preso a uma estúpida promessa de não largar a prefeitura de São Paulo. Surge ai o primeiro fator da eleição de Lula a arrogância tucana em acreditar que levaria fácil o planalto. Como consequência Lula se reelegeu, o rebanho esqueceu (ou simplesmente não se importa) com o mensalão e Dilma usou a quebra da promessa de Serra em campanha.

O segundo fator de reeleição foram os contatos petistas: Algumas horas antes de o PSDB escolher o seu candidato Fernando Henrique telefona para Carlos Montenegro, presidente do IBOPE, perguntando se a pesquisa que seria lançada no dia seguinte mostrava Serra empatado com lula. Montenegro negou. Enganado pelo presidente do IBOPE FHC recomendou a Serra que desistisse da campanha, foi o que aconteceu. Assim caminha o brasil.

Fonte: "Lula é minha anta" de Diogo Mainardi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...