Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

É proibído, eu não quero ver, mas dou uma espiada ou a nova censura no brasil


Já postei neste blog sobre a censura televisiva, a qual os censores chamam de classificação etária, afirmando que não é tudo que "nossos" filhos podem ver - eventualmente volto ao tema apenas para mostrar sua ineficácia.

A censura lida com privação é comum vermos matérias sobre pais proibindo faceboock, Orkut e afins para seus filhos. Os pais justificam que se preocupam com pedófilos ou possíveis sequestros/assassinatos - tanta repressão possui um fundo comum a incompetência, sim estes pais são incompetentes quem não tem capacidade para educar uma criança proíbe suas ações, é muito mais fácil e cômodo dizer não do que sentar com seu filho e conversar.
Muitos pais usam a desculpa da falta de tempo, isto não passa de uma desculpa o tempo não é quantitativo mas sim qualitativo. Em ultima instância se estes pais forem TÃAAAAO ocupados assim e não tiverem cinco minutos por dia para cuidar seria melhor não ter tido crianças. E não me venham com desculpas de cansaço, ter filho requer responsabilidades, se os pais parassem de fugir das suas responsabilidades de criadores estaríamos em situação melhor. Em ultima instância a culpa pelo brasil estar assim é das famílias que não sabem educar.

Temos outro lado da censura que demonstra sua hipocrisia, basta uma rápida olhada pelas tardes televisivas para encontrar programas tipo Casos de família e jornalismo sensacionalista. O maior marco ocorreu no curto período em que o Datena voltou para Record, a emissora do bispo. Que prega amor a Deus, a religião e princípios familiares se especializou no jornalismo sangrento. Agora eu pergunto: crianças podem assistir este tipo de programa?

Crianças não podem ver desenhos violentos, mas podem ver exibição de cadáveres; não podem ver heróis celebrando de maneira capitalista, mas podem ver assassinatos motivados por dívidas; não podem assistir cenas mais picantes na teledramaturgia, mas podem assistir cenas de prostituição.

Um amigo me disse certa vez quando não queremos ver algo tapamos nossos olhos com as mãos, mas espiamos pelas frestas dos dedos. Quanto mais se proíbe, mas se vê, aquilo que não deveria chamar a atenção fica mais sedutor. Sim, meus amigos sensores são grandes sedutores involuntários, ao alegar proteger as crianças eles impõem um ponto de vista parcial e atraem as mesmas para o proibido, o danoso. Saibam que a violência virtual tem sua função, auxilia na elaboração e na internalização das normas sociais, já a violência real põe em risco a mesma internalização. Esta é a terceira característica da censura, a burrice dos sensores.

2 comentários:

  1. Existe um equilíbrio da mídia, onde o que não é bom de se passar na TV é exibido pois o que é ilícito é mais visto.

    resta cada uma saber com o que alimentamos nossos cérebros.

    www.mais1km.com

    ResponderExcluir
  2. belo post! a censura não vale d nada mesmo! temos q aboli-la blogestarcomvoce.blogspot.com

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...