Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

segunda-feira, 27 de fevereiro de 2012

Todas as encarnações de "Os Caça-Fantasmas"

Já faz algum tempo que fãs e saudosistas foram pegos de surpresa com o projeto "Caça-Fantasmas 3", que deve começar a ser filmado agora em 2012, o que se sabe é que existe um roteiro, escrito por Dan Aykroyd e que fora rasgado por Bill Muray que afirmou "Ninguém pagará para assistir homens velhos e gordos perseguindo fantasmas". Em resposta Akroyd afirmou que Os Caça-Fantasmas 3 vai ser filmado com os sem Murray.

Enquanto crescem os boatos de um possível Caça-Fantasmas 3 vamos ver por onde o Dr Venkman e seus amigos andaram:

Os Caça Fantasmas
 Tudo começou quando os atores Dan Akroyd (Dr. Raymond Stanz) e Harold Ramis (Dr. Egon Spangler) escreveram um roteiro despretensioso sobre três cientistas fascinados pelo paranormal que correriam atrás de fantasmas. Com ambos no elenco e a distribuição pela Columbia Tristar faltava ainda um astro. O nome escolhido para liderar os cientistas não poderia ser melhor. Bill Murray (que ainda não era astro).

Para vocês terem uma ideia da despretensão do filme Akroyd escreveu o roteiro para ser um quadro do Saturday Night Live, onde os caça-fantasmas viajariam pelo espaço como uma espécie de SWAT estrelar. Foi quando surgiu o diretor Ivan Reitman responsável por adaptar a ideia ao formato atual do filme.


Versão sexy do uniforme para o Halloween
Então Akroyd e Ramis reescreveram o roteiro tendo em vista os atores John Belushi, Eddie Murphy e John Cady - o primeiro morreu de overdose, os outros dois estavam sem data. Akroyd e Ramis que inicialmente seriam coadjuvantes passaram a protagonistas. Para a terceira vaga foi escolhido o iniciante Bill Murray, devido a sua capacidade de improvisação, recentemente Akroyd afirou que 50% do sucesso do filme foi mérito de Murray. Ainda seriam incorporados ao filme dois astros dos anos 80 o comediante Rick Moranis (Querida encolhi as crianças, S.O.S Tem um louco perdido no espaço) e Sgourney Weaver (da série Aliens). O último obstáculo foi o título, já havia um filme chamado "The Ghost Busters" de 1975, os produtores resolveram facilmente ao juntar as duas palavras "GhostBusters".

Os Caça-Fantasmas ainda é uma das melhores comédias já filmadas, juntando elementos sobrenaturais (uma paixão de Akroyd) com belas interpretações uma uma história horiginal com a cara dos anos 80. Não a toa o filme foi a segunda maior bilheteria de 1984 ficando a frente de "Indiana Jones e o Templo da Perdição". Se tornando a comédia de maior sucesso dos anos 80.

Atualmente Os Caça-Fantasmas é um dos principais elementos da cultura Pop rendendo homenagens de seus fãs, diversos produtos que vão desde camisetas até um desingner do Nintendo Wii. Passando por fantasias, mochilas gorros, modelos, jogos de games e adesivos para carros.

Os Caça-Fantasmas 2 Com todo este sucesso uma sequencia era inevitável, o filme até que demorou para ser feito, sendo lançado apenas em 1989 com o elenco original, com o mesmo diretor e mesmos roteiristas. Porém as coisas não foram tão simples assim.

Tanto a dupla Akroyd e Ramis como o diretor Raitman eram contra o filme acreditando que o sucesso do primeiro era suficiente. Porém a Columbia forçou a barra resultando se tornando o maior bilheteria da história do cinema nos seus três primeiros dias, recorde quebrado por Batman de Tim Burton.

A história era muito interessante. Após o primeiro filme os caça-fantasmas viveram seus 15 minutos de fama e sumiram, o prefeito do NY não os pagou e cada um seguiu seu rumo até uma espécie de gosma, fruto do mal humor e indiferença dos nova-iorquinos, revive o espírito de um tirano medieval. Apesar do excesso de nacionalismo do final vale se visto (isto é se você vive em uma caverna e ainda não o assistiu).

Os Caça-fantas o desenho Nos anos 80 era assim que a coisa funcionava se um filme fizesse muito sucesso ele logo viraria uma animação. Quem viveu sua infância nos anos 80 se lembra que haviam dois desenhos dos caça-fantasmas um que passava no SBT e outro na Globo, este sim vinha direto do filme e mostrava as aventuras dos caça-fantasmas no seu dia dia, a animação se passa logo após o primeiro filme e promove o fantasma geleia de aparição cômica à protagonista.

A animação chamava atenção pelo clima sombrio e referência a outras produções, ela gerou uma série de brinquedos (em um natal eu ganhei todos os bonecos e fantasmas dos meus pais) infelizmente a Globo não exibiu toda a série. Entre o final do séc. XX e início do Sec. XXI a Record exibiu o desenho sem muito sucesso.

Extreme Gostbusters Após o final da primeira série animada os fantasmas aparentemente sumiram da cidade e cada membro da equipe segue seu caminho, menos Raymond que permanece no antigo prédio dos caça-fantasmas, quando este percebe um aumento na atividade paranormal o cientista convoca quatro estudantes para formar uma nova equipe.

Com clima sombrio e histórias mais "sérias" a animação era voltada para o público adulto, os produtores sabiam que os fãs do filme cresceram e este era seu público-alvo. No brasil a animação passou batida pela Record e Globo, sendo exibida com regularidade na TV a cabo pelo Warner Chanel.

Lucy a estagiáriaCalma, a menina não é nenhuma personagem nova ou fruto de uma animação. Lucy é uma homenagem da Kotobukiya, uma fabricante de estatuetas, com desenho de Shunya Yamashita a nova caça-fantasma foi esculpida por Masahiro Takahashi como parte da coleção "Bishoujo Statue".
Yamashitta concebeu Lucy como uma estagiária dos Caça-fantasmas, seu desenho demonstra ela Triunfante em pé sobre uma armadilha para fantasma depois de recolher a sua mais recente captura, com um sorriso (sexy) de satisfação por outro trabalho bem feito. Ela repousa sua arma de prótons em seu ombro esquerdo, enquanto sua outra mão repousa em seu quadril. Sobre a estatueta em si posso dizer que a arma de Próton exibe detalhes incrivelmente esculpidos, como a célula de energia, gerador e manivela Cyclotron. Ela é perfeita.
Atualmente A marca Caça-Fantasmas mantém um site com produtos, fotos e vídeos. O site é bem feito, cheio de referências mas bem pobrinho de conteúdo. dê uma olhada que vale a curiosidade.



Site Oficial




quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Kassab declara apoio a Serra: Articulações Políticas para a prefeitura de São Paulo

Os primeiros movimentos políticos visando a prefeitura da cidade de São Paulo traziam algumas surpresas, na sua maioria vindas do PT - a primeira foi a articulação interna promovida por Lula em pró da candidatura de Fernando Haddad se opondo a Marta Suplicy. Não estou defendendo a senadora, seu mandado foi um desastre (para ser gentil), porém a ex-prefeita é popular, diferente de Haddad um quase desconhecido.

Com o ex-ministro da educação
Lula vai contar com sua popularidade e tentar reviver o "efeito Dilma" ao mesmo tempo não deixa de ser irônico. Quantas vezes a Marta não apoiou Lula de maneira incondicional? Muitas vezes indo contra o nome de Eduardo Suplicy em prévias do partido. Agora foi a vez de Lula ir contra a "musa petista".

A segunda grande surpresa foi a aproximação de Lula com o atual prefeito Gilberto Kassab, neste período andei lendo protestos de petistas contra a possível chapa, nada "mais coerente" a final as diferenças ideológicas entre Kassab e PT são enormes, os petistas acusam Kassab de ser violento e desrespeitar os direitos humanos enquanto ignoram os governantes de seu partido que são violentos e desrespeitam os direitos humanos já na prática eles se aproximam a diferença é que Kassab não finge ser o que não é.
Coligação Kassab e Lula?

Aparentemente Lula estava dando uma banana para os críticos e teimava com uma chapa, que na prática seria muito forte, tanto Kassab quanto Lula são autoritários porém Lula sabe disfarçar com sua simpatia. Foi quando Marta retornou aos holofotes declarando "Corro o risco de acordar de mãos dadas com o Kassab em um palanque". A pressão pode não ter incomodado Lula, mas afetou Kassab - a final o prefeito tem dignidade.

Perante um cenário hostil criado por petistas incomodados e uma Marta enciumada Kassab saiu-se até que bem declarando apoio a José Serra afirmando que devia lealdade ao seu padrinho político e que seu eleitorado poderia considera-lo um traidor por apoiar Haddad. Vejam a política sendo feita Kassab usou as críticas sofridas para justificar sua decisão e ainda atacar o PT. Lula que no discurso sempre criticou o "modo Kassab de governar". O ex-presidente não estaria sendo um traidor ao se aliar com o atual prefeito?

A atitude de Kassab movimenta os tucanos, que estavam enrolando a escolha de seu candidato com prévias intermináveis entre Bruno Covas, Andrea Matarazzo, Ricardo Tripolli e José Aníbal (meu candidato) e provavelmente nenhum deles será o escolhido, Kassab afirmou que o índice de rejeição de Serra, por volta dos 30%, não atrapalharia sua eleição. A Pressão tucana veio do medo do partido não passar para o segundo turno das eleições devido a candidatura da cria de Paulo Maluf Celso Russomano.

Particularmente eu não gosto da escolha, não por Serra, mas pelo partido não arriscar em novos nomes. O PSDB corre o risco de ficar envelhecido e caricato sempre com os mesmos políticos em disputa; José Serra também era contra sua candidatura por acreditar que a prefeitura iria atrapalhar sua ida ao palácio do planalto, outro erro. A meu ver Serra não tem nenhuma chance de ser presidente.

Lula e o agressor de mulheres Netinho
Voltando as articulações o PT tenta impedir a candidatura de Netinho de Paula do PCdoB e de Paulinho da Força do PDT por acreditar que eles dividiriam votos com Haddad - quanto ao primeiro não deve ser difícil uma interdição já que Netinho diz seguir o "Socialismo do Lula" seja lá o que for isto, se houver coerência Netinho vai seguir a vontade de seu padrinho político, já Paulinho mantém uma relação de amor e ódio com o PT e pode bater o pé para concorrer a prefeitura.

Quanto aos outros candidatos Russomano (PRB) é o melhor colocado em pesquisas muito prévias todas feitas antes da definição de candidatos, sem que o público relacione o nome de Haddad ao de Lula e sem a definição do candidato tucano. A tendência é que Russomano caia nas pesquisas com o início da campanha devido ao pouco tempo na televisão e a insignificância de seu partido. Já Gabriel Chalita (PMDB) é o que pode ser chamado de zebra, mesmo estando no partido com maior tempo Chalita não tem um nome para se ligar e é praticamente desconhecido da população, ele poderia em tese dividir os votos dos acadêmicos de Haddad, menos dos petistas fanáticos que votam em quem Lula mandar e dos simpatizantes dos tucanos. Resta esperar pelos próximos movimentos em pouco tempo teremos todos os candidatos confirmados e se enfrentando. 


segunda-feira, 20 de fevereiro de 2012

Ashley Rice

Já falei aqui sobre o cosplay e seu primo safado o cosplay hentai. Desta vez vou me dedicar a uma cosplayer americana famosa (por lá) a moça pratica a arte de ser uma personagem desde 2001 e dentre seus animes favoritos estão: Trigun, Utena, Hellsing, Rah Xephon, Onisama E, Luna Sea, The Yellow Monkey, Smap, Scrapped Princess, Witch Hunter Robin, Bleach...

Seu primeiro cosplay foi fruto de uma fantasia de Halloween, um amigo sugeriu que Ashley saísse como um personagem de Utena, ela se divertiu tanto que acabou se inscrevendo no "Fanime". O sucesso foi tanto que ela ingressou no hobbie.


Segue uma entrevista que eu traduzi:

Qual foi o seu primeiro cosplay e por quê?

Na verdade, quando eu tinha uns 5 anos minha mãe fez uma fantasia da Kit Wily (Thunder Cats). Já na quinta série fiz meu primeiro cosplay sozinha - um Mago Branco de Final Fantasy.



Qual é o seu cosplay favorito e por quê?

Eu realmente amei ser a Balsa (Moribito: Guardian of the Spirit) e sentir como eu a personagem somos parecidas. De forma que este é meu cosplay favorito.



Você tem um cosplay que sonha em fazer?

Gwendolyn de Odin Sphere.



Qual sua experiência cosplay mais memorável?

Cosplay da Balsa
O ano de 2011 foi cheio de coisas memoráveis e ​​incríveis. O que vem na minha mente foi estar em pé no átrio do Fanime usando uma capa Nunally que eu fiz e pensei "Cara, se eu tivesse feito um trabalho melhor nessa capa, talvez... espera, talvez o que? Nós temos o melhor show!"

Você faz cosplay com máscaras?

Sim, mas eu odeio convenção dedicadas a cosplays com mascaras.



Qual foi a sua melhor experiência mascarada?

Fanime é sempre o meu lugar favorito. Dito isto, a experiência no World Cosplay Summit é incomparável.



Você já ganhou algum prêmio com seu figurino?

Sim.

Fale um pouco sobre você.

Acabei de terminar meu mestrado na UCRiverside em literatura, línguas, e cinema. Eu atualmente trabalho como personal trainer e instrutora de aeróbica. Meus hobbies são andar de bicicleta e praticar ioga. Eu tenho um irmão mais novo que é totalmente incrível.

Qual o seu anime favorito?

Serei no Moribito, xxxHolic, Madoka Magika, Code Geass, Oniisama E, Hellsing, Utena, Trigun, Macross Plus, FLCL, Witch Hunter Robin, Bleach, Rah Xephon

Quais seus jogos favoritos?

Suikoden 3, Odin Sphere

E seus livros favoritos?

A Work of Genius Heartbreaking escalonamento de Dave Eggers (sem tradução em português); Harry Potter, O Senhor dos Anéis, Cup of Morning Shadows, Bater Snow, Sariel, The Audacity of Hope, quase tudo Murakami



Suas personagens favoritas?

Balsa, Homura, Integra, Juri, Jausserande, Miyasama, Ruka, Keiko, Wolfwood, terebi-kun, Renji, Rukia, Rukia, Rukia, Rukia, Rukia, vários e outras vilãs de coração frio (cold-hearted bitches).



Para terminar seus filmes favoritos?

Sociedade dos Poetas Mortos, Encontros e Desencontros, Star Wars, Piratas do Caribe



galeria de imagens

Um vídeo da Ashley como rukia

Um vídeo da Ashley como Neliel


Um ensaio da Ashley como Rukia



























quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

Fuja do Carnaval

Pois é Fevereiro está chegando ao seu final e com ele vem o carnaval. Esta festa medíocre, importada da Europa vitoriana que torra o dinheiro público que deveria ser usado para saúde e educação. O presidente da mangueira afirmou no programa "Agora é tarde" na Band que uma escola de samba que deseja ser campeã deve gastar no mínimo R$ 10 milhões. Como nosso país não tem problemas com miséria, desigualdade social ou fome todos podemos pular o carnaval com a consciência limpa.

Agora, se você é como eu e simplesmente não suporta esta bosta fique com cinco dicas de filmes para passar ileso pelo carnaval. Mesmo que você já tenha visto um ou todos estes filmes saiba que ver filme repetido é melhor que aguentar "Ai se eu te pego" ou "O melô da Mulher Maravilha".

Sexta-feira 17/02

Nada combina mais com sexta-feira do que um bom terror. Eu recomendo "Acácia" de 2003.

Um casal frustrado por não conseguir engravidar opta pela adoção de uma criança. A esposa fica fascinada pelas pinturas de um garoto e convence seu marido a adota-lo, a pesar deste ser mais velho do que eles queriam.

O menino adapta-se rapidamente ao novo lar, criando uma estranha relação com uma árvore morta no quintal de sua casa, a nova família ia muito bem até a esposa engravidar provocando ciúmes no menino. Em uma noite chuvosa mãe e filho adotivos brigam e o menino desaparece. Ao mesmo tempo a árvore morta volta a florescer.


Sábado 18/02

Para Sábado pensei em algo mais barulhento de preferência repleto de tiros e explosões. Fiquem com "Os Mercenários" de 2010

Um grupo de mercenários é contratado para deporem um ditador sul-americano (parecido com o Hugo Chavez) porém eles descobrem que era tudo uma armação do governo americano que desejava depor o ditador sem se envolver.

Infelizmente, para o tal ditador, o líder mercenário (Silvester Stallone) se apaixona por uma revoltosa (a "nossa" Gisele Itié) a parti da não faltam balas, explosões e correria. Stallone realizou o sonho da molecada oitentista ao reunir Schwazenneger, Bruce Willis, Jet Li, Jason Starthan e Dolf Lundgrenn em um mesmo filme.


Domingo 19/02

Domingo é um dia familiar repleto por programas para a diversão de todos (acredito!) nada melhor do que uma boa comédia para suportar o carnaval. Que tal "Porky´s" de 1982?

Um grupo de adolescentes está desesperado para transarem com garotas, principalmente o protagonista da história Pee Wee ou "Piruzinho" na versão brasileira. Some a esta situação um grupo de doidos pregando peças uns nos outros.

O título do filme vem de um bordel na cidade vizinha. Porky, o dono do lugar, pega o dinheiro dos garotos e os joga na água. Lógico que isto significa vingança. "Porky´s" é o precursor de todas as comédias sobre adolescentes loucos e tarados.

Segunda-feira 20/02

Após a ressaca do final de semana a segunda-feira pede um filme mais sóbrio, que tal o melhor filme de Woody Alen: "Match Point" de 2005.
O filme acompanha um ex-tenista e alpinista social que pretende dar o golpe do baú em uma rica família, para o seu azar ele acaba se apaixonando por sua futura cunhada (Scarlet Johanson) os dois começam um caso ao mesmo tempo em que ele se casa com a filha do magnata.Woody Allen filma este drama com história batida de maneira inovadora. Pelo ponto de vista da sorte. Tenso do início ao fim fica impossível saber para quem estamos torcendo. "Match Point" é uma obra-prima do cinema e merece ser conhecida.

Terça-feira 21/02

Para o último filme do carnaval eu sugiro um filminho tenso e inovador (para seu tempo) que mistura suspense e ficção científica. "Alien o Oitavo passageiro"

Uma nave com sete tripulantes muda de curso atendendo um pedido de ajuda, indo até um planeta desconhecido onde encontra-se uma nave caída. Todos seus tripulantes estão mortos. A cena sugere que eles lutaram contra alguma coisa e fracassaram

Um dos tripulantes acaba atacado e fundido com um parasita. Após algumas horas a criatura está morta e o tripulante parecia bem e saudável, sim "parecia" durante o jantar seu peito explode surgindo uma estranha criatura que esconde-se no interior da nave iniciando uma caçada em busca da tripulação.

Vale dizer que a criatura saiu da mente de H.R. Gigger, artista plástico contemporâneo que ostenta o estatus de gênio.



segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Eu luto pelos direitos humanos, mas só quando me interessa

Semana passada postei aqui que os supostos mortos durante a desapropriação na favela do Pinheirinhos no interior de São Paulo estão vivos. Também levantei a bola sobre interesse político nas denúncias precipitadas. Pois bem este tópico é um complemento que também pode ser visto como um post independente. Meu objetivo é mostrar que a indignação com a violação dos direitos humanos varia de acordo com que os viola.

O governo Lula foi marcado pela máxima "aos amigos tudo, aos inimigos o rigor da lei" petista se indignaram com a desapropriação da favela, dou total razão a eles, porém eu não vi a mesma indignação em estados governados por petistas. Nenhum parlamentar petista questionou, nenhum militante petista publicou estes fatos no facebook. Vamos a eles:

O governador petista Ângelo Queiroz comandou uma desapropriação na fazenda Sálvia, de propriedade da Secretaria de Patrimônio da União (SPU), do Ministério do Planejamento e Gestão em Brasília DF no dia 25/01/12.

Durante a desocupação a PM do DF removeu 70 famílias, destruiu 450 barracos com o auxílio de três tratores e prenderam 29 pessoas por terem invadido terras da união - o que significa dizer que eles foram presos por invadir terras do governo federal, sob responsabilidade da presidenta Dilma.

O agricultor José Pereira Gonçalves de 48 anos declarou: "Não quero nada de ninguém. Queria só um pedaço de chão para plantar, mas, como não deu certo, vou esperar uma oportunidade. O governo tinha de ajudar quem precisa. Essa terra está parada". Veja detalhes aqui.

Por que o senador Eduardo Suplicy não se manifestou indignado? Será que a presidenta Dilma não viu o que estava acontecendo no quintal de sua casa? Por que ela não interveio em favor dos pobres? Esta não seria uma boa forma de combater a miséria no país? A resposta é simples não é aconselhado se manifestar contra o próprio partido.

Desapropriação no Acre
Outro caso de violação de direitos humanos aconteceu no Estado do Acre, outro reduto petista. No dia 14 de Julho de 2011 o Batalhão de Operações Especiais (BOPE) da Polícia Militar do Acre foi chamada a executar a reintegração de posse de um terreno privado na periferia da cidade de Brasíleia, no interior do estado, administrada pela prefeita Leila Galvão do PT, despejando assim 350 famílias! A motivação foi a mesma ocorrida no bairro do Pinheirinho de São Paulo, uma ordem judicial. Veja aqui uma reportagem local posta no you tube.

Durante a desocupação o índio Adelson Jaminawa levou um tiro de bala de borracha e ficou cego de um olho. NINGUÉM DO PT brigou pelos direitos humanos do Índio Onde esta o cartão vermelho Eduardo Suplicy? Onde estavam os ministros Gilberto Carvalho, Maria do Rosário e José Eduardo Cardoso? E os indignados do face?

Sabe qual a diferença entre a desocupação do Pinheirinhos e a desocupação da Brasiléia? No primeiro caso não houveram feridos graves já no segundo um homem ficou cego. Veja a reportagem completa aqui.

 

Ainda não terminei na Bahia, outro estado governado por um "cumpanhero" a cozinheira Almerinda Santos das Neves ficou cega de um olho após ação da polícia petista da Bahia.

Almerinda Santos das Neves
A cozinheira curtia o show do Olodum no dia 22/01/12 quando houve uma confusão e a polícia baiana interveio cegando a inocente mulher. Vale lembrar que a Bahia é governada pelo petista Jaques Wagner.

A presidenta Dilma Rousseff não se manifestou, tão pouco o senador Eduardo Suplicy e o ministro Gilberto Carvalho. No espaço de um mês agentes das polícias militares comandadas por nomes do PT deixaram duas pessoas cegas. E adivinhem não vi ninguém no facebook reclamando.

Agora eu volto ao título deste tópico os direitos humanos só são reivindicados quando interessam, caso contrário pessoas como a cozinheira Almerinha e o indio Adelson são invisíveis. Alguém que se indigna com uma ação cometida pela "polícia tucana" também deve se indignar com a "polícia petista" e vice e versa. No caso da cozinheira a comissão dos direitos humanos está investigando leia aqui. Mesmo assim os "pseudo-socialistas do face" estão em silêncio sobre estas pessoas.

Quero terminar este tópico com a mesma frase do post "A volta dos que não foram...": Que merda de país é este onde a violação dos direitos humanos é usada como estratégia eleitoreira? E o sofrimento destas pessoa? Ninguém enxerga? Ou a injustiça popular é apenas um instrumento de demagogos para impor seu ponto de vista e chegar ao poder?

Que tal parar de politicagem e olhar para quem precisa e ao menos uma vez cobrar uma justiça cega e não monopartidária. Ou seria muita ingenuidade a minha?



quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

A Volta dos que não foram ou Os mortos da desapropriação do pinheirinho estão vivos

Qualquer um que tenha acesso a internet deve ter recebido e-mails, visto notícias ou lido no face book sobre as vítimas da ação policial na desapropriação na favela do pinheirinho. Antes de começar quero deixar bem claro não sou a favor da violência policial, nem apoio ação policial. Porém recentemente descobri uma grande farsa nesta história toda.

O portal Terra deu o furo de reportagem ao informar que houveram mortos na desapropriação no bairro do pinheirinho. Segundo o portal as ONGs "Rede de Comunidades" e "Movimento contra violência e justiça global" (eles são contra a justiça, é isto?) divulgaram os nomes de cinco
desaparecidos. Veja a lista de desaparecidos:

Matheus da Silva de oito anos - segundo testemunhas entrou em estado de choque quando a PM invadiu sua casa, os policiais o levaram para atendimento médico e o garoto nunca mais foi visto.

A Verdade: Matheus da Silva foi internado no Hospital Municipal de São José dos Campos no dia 26 de janeiro sofrendo de apendicite.

Pedro Ivo Teles dos Santos de 75 anos que teria sido espancado por PMs e depois levado, a beira da morte, para um posto de saúde. Após ter tido sua cabeça rachada por policiais

A Verdade: O idoso foi internado no dia 22/01 após uma crise de hipertensão com um quadro de AVCH (Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico) seu estado é estável porém o mesmo não foi agredido, não foi espancado, não teve sua cabeça rachada e não foi morto. Veja detalhes aqui


Gilmara Costa do Espírito santo, marido e filho. A família foi anunciada como desaparecida, no mesmo dia o advogado Aristeu Pinto Neto afirmou que iria procurar a família e processar o estado caso eles não aparecessem em 48 horas.

A Verdade: A família nunca esteve desaparecida, eles estão hospedados com familiares em um bairro satélite.

Eu só consigo ver duas possibilidades para explicar as notícias dadas dos mortos do bairro dos pinheirinhos: 1) Estas cinco pessoas são zumbis e estamos muito próximos do apocalipse descrito por Gerorge Romero ou 2) Eu sou aquele menino do filme "O Sexto Sentido" e estou vendo gente morta. Para informações mais detalhadas basta clicar aqui

Ainda nesta segunda-feira a "Agência Brasil" foi o primeiro canal midiático a assumir o erro na publicação sobre as supostas mortes durante a desapropriação. A agência pediu desculpas por sua (falta de) apuração, edição e publicação errôneas sobre as falsas acusações promovidas pela OAB de São José dos Campos que acusou a PM de assassinato sem a devida averiguação, contrariando o princípio mais básico de nossa justiça TODOS SOMOS INOCENTES ATÉ QUE SE PROVE O CONTRÁRIO. Para ler mais clique aqui

Não posso terminar este post sem fazer alguns questionamentos: como pode a OAB cometer um erro tão grotesco? E por que esta desapropriação tomou esta proporção? Concordo que poderia ser feito de outra forma, concordo que os direitos humanos devem ser preservados acima de tudo. Porém tivemos outras desapropriações semelhantes e nunca houve tanto barulho. A resposta é simples estamos em ano de eleição, não quero generalizar porém acredito que muitos dos indignados tenham motivações políticas.

Fico me perguntando quantas destas pessoas jornalistas que publicaram o assunto e pessoas comuns que divulgaram a notícia via e-mail, twitter e face book foram motivados por interesses políticos e viram na desapropriação uma oportunidade e se aproveitaram da dor desta família para conquistar uma prefeitura.

Que merda de país é este onde a violação dos direitos humanos é usada como estratégia eleitoreira? E o sofrimento destas pessoa? Ninguém enxerga? Ou a injustiça popular é apenas um instrumento de demagogos para impor seu ponto de vista e chegar ao poder?

Que tal parar de politicagem e olhar para quem precisa e ao menos uma vez cobrar uma justiça cega e não monopartidária. Ou seria muita ingenuidade a minha?




segunda-feira, 6 de fevereiro de 2012

Dossiê Lindsay Lohan

A loirinha Lindsay é a mais nova capa da playboy americana, diferente do brasil as atrizes americanas não costumam sair nuas na playboy, quando isto acontece é motivo de festa dos leitores e sinal de que alguma coisa vai mal com a carreira delas. Para testar esta teoria vamos descobrir quem é Lindsay Lohan

Lindsay iniciou sua carreira com três filmes : Sexta-feira muito louca, Meninas Malvadas e Herbie, meu fusco turbinado, além de modelar e cantar. Tudo ia bem em sua vida até ser pega duas vezes dirigindo alcoolizada e ter-se internado três vezes em uma clinica de reabilitação.


Hollywood costuma ser cruel, vendendo uma imagem de perfeição e pune severamente quem se afasta desta imagem. A história é a mesma menina precoce, incentivada pela mãe desde cedo para atingir o estrelato. Uma vez lá em cima "seu sonho" desaba. Sua história assemelha-se em parte com a outra estrela Disney Demi Lovato

a diferença é que a morena conseguiu se encontrar e ser ela mesma.
Com apenas 25 anos Lindsay já experimentou o status de ídola teen, cantora internacional e já foi conciderada uma das mulheres mais belas do mundo. Desejada por muitos, paparicada por todos. Sem uma direção ela esteve perdida. Em Hollywood talento e autodestruição costumam caminhar juntos.


Lindsay em "Herbie meu fusca Turbinado"
Tudo começou em 1998 aos 13 anos Lindsay interpreta um papel duplo como as irmãs gêmeas em um filminho chamado "Operação Cupido" comédia padrão e sem sal. Foi o suficiente para a garota brilhar. Porém foi apenas em 2003 que ela estourou no cinema com "Sexta-Feira Muito Louca" seu maior sucesso de bilheteria que lhe rendeu o MTV Movie Awors de melhor revelação.

Em seguida vieram "Confissões de uma Adolescente em Crise" e "Herbie, meu Fusca Turbinado" os dois filmes foram sucesso financeiro porém tinham uma semelhança em ambas Lindsay era uma típica adolescente americana, no filme do fusca ela seguia o padrão Disney então com 19 anos ela via-se em um problema "como crescer"? Lohan não queria ser eternamente uma adolescente.

A partir de 2006 ela pediu por papéis mais maduros, foi onde começou a oscilação de sua carreira, Lindsay provavelmente encarou este momento como a hora da verdade e "tinha que dar certo", vieram "boa sorte amor", "A ultima Noite" - sobre um programa de rádio, outrora popular fazendo seu ultimo programa, "Bobby" sobre JFK e "Capítulo 27" onde ela vive uma fã dos beetles e envolve-se com Mark Chapman, o assassino de Jhon Lennon e por fim "Ela é poderosa" não preciso dizer que nenhum dos filmes fez muito sucesso.
Eu sei quem me matou

Os milhões da bilheteria agora eram passados e a garota perigava tornar-se mais uma, sem conseguir crescer e manter o sucesso Lohan arriscou com o suspense "Eu sei quem me matou" onde ela atua uma striper, as cenas de nudez e sensualidade deveriam mostrar ao mundo que a garota cresceu, o resultado foi o inverso. O filme tornou-se um fracaço de bilheteria e opinião pública para completar a tragédia a loirinha ainda ganhou o framboesa de ouro de pior atriz.

Em quatro anos ela foi de revelação e ídolo para pior atriz daquele da temporada, ainda sem conseguir se encontrar Lindsay afastou-se do cinema, participou de Reality Shows e da terceira temporada de "Ugly Betty" até ser resgatada por Robert Rodriguez em "Machete".

O filme é excelente, não por causa de Lindsay que é ofuscada pelas atrizes Jessica Alba e Michelle Rodriguez, todas vivem bad grils, porém das três Lindsay é a única que aparece nua. Motivo de mais polêmica que acaba atenuado por sua prisão.

Em 2010 Lindsay faltou a uma audiência penal, devido a dirigir embriagada, e foi obrigada a usar um bracelete que media o nível de álcool em seu sangue. Em junho deste ano ela foi condenada a passar 90 dias presa por faltar a reabilitação.

Em 2011 ela foi presa novamente acusada de roubar um colar de uma joalheria, existem centenas de histórias como esta, Lindsay é apenas uma garota tentando responder a pergunta "quem sou eu"? Pergunta difícil, atualmente ela está cotada para mais duas produções "Superman - o Homem de Aço" e "One Night With You". Volto agora ao início deste tópico a playboy de Lindsay.

Na revista a atriz interpreta Marilyn Monroe com o slogan "uma beleza clássica" sim ambas são lindas, loiras e tiveram problemas com drogas. O problema não é este, Lindsay não consegue ser ela mesma nem ao posar nua, ao se ver desprovida de qualquer roupa e qualquer papel a garota não aguenta olhar para si ela precisa ser outra pessoa, alguém que a grande mídia adore.

Meu prognostico é sombrio, apesar dos dois novos filmes da garota prometerem ser um sucesso eu não acredito no mesmo para sua vida/carreira, imagino que ela seja internada outras vezes, talvez até uma morte prematura como tantas estrel
as de Hollywood.


quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Entrevista com Lula o metalúrgico na Playboy

Segue trechos da entrevista que Lula concedeu para Josué Machado, então repórter da revista Playboy no ano de 1979. Na época Lula ainda estava filiado ao sindicato do ABC paulista e Diadema.

O que mais chama atenção é que nesta entrevista vemos o Lula verdadeiro e não o mito criado. Na época Lula ainda ainda não vendia uma imagem e foi o mais sincero possível.

Existe muita polêmica em cima desta entrevista, eu que nunca gostei do Lula não vi nada de mais, apenas achei interessante poder ler fragmentos de uma entrevista autêntica.

Lula o brincalhão

Playboy – Lula, que tal posar nu na Playboy?

Lula - Quando você falou comigo sobre a entrevista eu cheguei para o Djauma (Djauma Bom, então diretor de sindicato, posteriormente deputado federal pelo PT) e disse " vou posar pelado para Playboy". E o Djauma, puto da vida"nem fodendo, nem fodendo". Ai eu aguentei sério e comecei a explicar: "Pô, Djauma, que é isso? Não é o sindicato que vai posar pelado. Sou eu, o Lula. Isso não tem nada com o sindicato. Eu quero, vou ganhar dinheiro, sabe? Dizem que as mulheres estão querendo saber se ele tem pinto de ferro, ou não tem". O Djauma não quis saber "Não, nem fodendo. Espere ai que nós vamos fazer uma reunião de diretoria. Você tem que se preservar, não pode ficar entrando nessas, não!" Djauma acreditou rapaz
A História de amor entre Lula e Marisa

Lula – Foi engraçado, eu saia da casa de uma namorada à meia-noite, à uma da manhã e pegava um táxi na pracinha de São Bernardo. era o carro de um velho. Um dia, não sei por que, contei a ele que era viúvo. Então ele me falou que tinha uma nora muito bonita, e que o filho tinha sido assassinado três dias depois do casamentos. Ele continuava muito revoltado com a morte do rapaz e me disse que a nora não ia mais casar. Como eu tinha contado minha história para ele, de vez enquando pegava o táxi e ele desabafava, falava do filho. E às vezes também falava da nora. E eu pensava: qualquer dia eu vou papar a nora desse velho... Nessa época, a Marisa apareceu no sindicato. Ela foi procurar um atestado de dependência econômica para internar o irmão. Eu tinha dito ao Luizinho, que trabalhava comigo no sindicato, que me avisasse sempre que aparecesse uma viuvinha bonitinha... Quando a Marisa apareceu, ele foi me chamar. Então comecei a encher o saco dela. E ela não queria nada. Escamosa, sabe? Uns três ou quatro dias depois eu passei a telefonar para ela. Mas só depois descobri que Marisa e a nora do taxista eram a mesma pessoa...

Marisa – Primeiro ele preparou o terreno para depois me conquistar. mas ele foi muito sem-vergonha sabe? Num belo domingo apareceu na minha casa, sem mais nem menos, e foi logo conversar com minha mãe. Cara de pau!

Lula – Eu tinha perdido a timidez.

Marisa – O mínimo que eu tinha que fazer era convida-lo para entrar.

Lula – Mas antes houve alguns episódios. Um dia eu estava conversando com você no portão e apareceu a fera atrás do muro, o outro namorado dela.

Playboy – E ai?

Lula – Ele se mancou.

Marisa – O outro já estava desconfiado. O horário de trabalho dele variava por que ele trabalhava em turno e de vez enquanto me pegava na escola onde eu trabalhava. Então ficou sabendo que eu saía com Lula, que de vez em quando me dava carona.

Playboy – Você ficou em dúvida entre os dois?

Capa da Playboy com a entrevista de Lula
Playboy – Há alguma figura de renome que tenha inspirado você? Alguém de agora ou do passado?

Lula [pensa um pouco Há algumas figuras que eu admiro muito, sem contar o nosso Tiradentes e outros que fizeram muito pela independência do Brasil. Um cara que me emociona muito é o Gandhi. Outro que eu admiro muito é o Che Guevara, que se dedicou inteiramente à sua causa. Essa dedicação é que me faz admirar um homem.
Marisa – Fiquei em dúvida. Não sabia por quem decidir. Aquele eu conhecia desde criança... Era um moço direito, de família. Com o Lula eu simpatizava mais, gostava mais do jeito dele, mas não sabia quem era. Então pedi um tempo para pensar.

Lula – O tempo durou cinco minutos.

Marisa – Que nada, levou tempo!

Lula – Levou tanto tempo que em seis messes a gente casou.

Marisa – Um tinha boa intenção, outro, intenção ruim. E acabei conquistada pelo que tinha intenção ruim. Mas ele era gamado, viu? Vivia dependurado no telefone.

Os homens que inspiraram Lula



Playboy – A ação e a ideologia?

Lula – Não está em jogo a ideologia, o que ele pensava, mas a atitude, a dedicação. Se todo mundo desse um pouco de si como eles, as coisas não andariam como andam no mundo.

Playboy – Alguém mais que você admira?

Lula [pausa, olhando as paredes] - O Mao Tse-Tung também lutou por aquilo que achava certo, lutou para transformar alguma coisa.

Playboy – Diga mais…

Lula – Por exemplo… O Hitler, mesmo errado, tinha aquilo que eu admiro num homem, o fogo de se propor a fazer alguma coisa e tentar fazer.

Playboy – Quer dizer que você admira o Adolfo?

Lula – [enfático] Não, não. O que eu admiro é a disposição, a força, a dedicação. É diferente de admirar as ideias dele, a ideologia dele.

Playboy – E entre os vivos?

Lula [pensando] – O Fidel Castro, que também se dedicou a uma causa e lutou contra tudo.

Playboy – Mais.

Lula – Khomeini. Eu não conheço muito a coisa sobre o Irã, mas a força que o Khomeini mostrou, a determinação de acabar com aquele regime do Xá foi um negócio sério.

Playboy – As pessoas que você disse que admira derrubaram ou ajudaram a derrubar governos. Mera coincidência?

Lula [rápido] – Não, não é mera coincidência, não. É que todos eles estavam ao lado dos menos favorecidos.

Playboy – No novo Irã, já foram mortas centenas de pessoas. Isso não abala a sua admiração pelo Khomeini?

Lula – É um grande erro… Ninguém pode ter a pretensão de governar sem oposição. E ninguém tem o direito de matar ninguém. Nós precisamos aprender a conviver com quem é contra a gene, com quem quer derrubar a gente. É preciso fazer alguma coisa para ganhar mais adeptos, não se preocupar com a minoria descontente, mas se importar com a maioria dos contentes.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...