Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

segunda-feira, 18 de junho de 2012

Elina Madison


Elina é uma estrela do cinema B que dedica grande parte de sua carreira aos filmes de terror, na outra parte da carreira ela atua em filmes alternativos e eróticos (como aqueles do finado “Cine Band Privet”). Natural da cidade de Cheyenne nos EUA esta bela atriz vive em Los Angeles, ela já trabalhou com atores do calibre de Tom Hanks em “The Wonders: O Sonho não Acabou” e com o diretor David Lynch no excelente “Cidade dos Sonhos”. Porém são nos filmes de baixo orçamento que esta ruiva brilha.





Sem nenhuma inibição ela fez a escolha certa ao escolher a carreira de screan queen. Seu talento dramático e sua beleza natural garantem sua durabilidade no gênero, o qual Elina garante ser fã desde a infância. “Algumas das melhores lembranças que tenho são assistindo filmes de terror tarde da noite com meus amigos”. Ela costuma gritar com a personagem do filme tentando salva-lo enquanto seus amigos correm assustados do assassino.
Cena de "Huff"
Versátil ela já foi uma corredora louca em “Corrida Mortal”, uma médica fascinada pelo Chupa Cabras em “A criatura” e uma amante sensual em “Segredos do Prazer”. Fora sua especialidade, a garota que foge do assassino com os seios de fora gritando como louca. Recentemente ela estrelou as obras terroríficas “Huff” 2012 e “Creep Creepersin's Dracula” que deve ficar pronto em 2013.

Segue uma entrevista com a moça

Quando você soube que queria ser uma Screan Queen?
Assistindo “Pânico”. Eu estava com tanto medo de atender o telefone depois que assisti o filme que eu pensei “eu quero estar em um filme que pode assustar o público assim”.

Qual é a sua definição de uma Screan Queen?
Elina Madison cena de Lip Service
A minha definição de uma Scream Queen é, naturalmente, uma grande gritadora! Ela se dedica a conquistar mais fãs para o gênero. A sua morte é a grande diversão do filme, com muito sangue falso. Adoro os efeitos como esfaqueadas, cabeças decepadas. Todos da produção trabalham com afinco para tornar o filme mais sangrento e assustador. Eu me divirto muito no processo. Sem dizer que ser uma Scream Queen é ser sexy.
 
Se você pudesse escolher qualquer monstro para persegui-la em um filme, qual seria?
Eu tenho que dizer Hannibal Lecter. Ele parece ser alguém agradável e suave, porém ele fica pensando em como matá-la e comê-la, literalmente. Não tenho certeza de que conta como uma perseguição, mas tenho certeza que ele iria me conquistar. Pessoas assim são mais assustadores de todos os monstros do cinema.
Matando em"someones knocking at the door"
Qual é a experiência mais estranha que você passou trabalhando em um filme (em frente as câmera ou nos Bastidores)?
  Eu estava no set em uma casa assombrada e eu precisei fechar os olhos por causa do sangue falso que escorria pelos meus olhos . Fiquei assim por quatro horas e todo mundo saiu de cena, porém eu sentia que não estava sozinha nesse quarto escuro e eu senti uma coisa. Estava tão quieto e eu senti o mais estranho frio ao meu lado e depois foi embora. Eu gritei tão alto e tenho certeza de que era um fantasma. Até hoje quando penso nisso fico assustada.
Qual é a sua opinião sobre a nudez nos filmes de terror?
A nudez é parte do gênero. Assim como o sangue e a violência. É uma parte da fórmula de filmes de terror. Há tantos filmes e programas de TV que têm nudez, que é apenas uma parte da vida e os filmes traduzem parte das vidas das personagens que os atores desempenham.

Elina Madison seduzindo em cena de Miners Massacre
 Qual é a sua opinião sobre remakes de filmes de terror?
Remakes são arriscados. Meu sentimento é que se você é apaixonado pelo o projeto e quer dar nova vida nova a um velho filme então o remake é um meio de faze-lo. É também uma boa maneira de introduzir uma história para um novo público que não assistiu o original.
Qual é o seu momento de maior orgulho em um filme de terror?
Cena de Black Tie Nights
Eu me diverti muito trabalhando em Creepshow 3 nos Estúdios da Universal onde eu morri  levando um tiro na parte de trás da cabeça. Estou orgulhosa do elenco e da equipe com quem trabalhei, porque é todas as filmagens foram noturnas e longas com orçamentos limitados, onde você tem que fazer o máximo de tudo. Todo mundo trabalha duro e quer que o filme fique pronto e isso é algo para se ter muito orgulho.

 Você tem algum objetivo que você não tenha alcançado ainda na indústria terrorífica?
 Meus objetivos são continuar a trabalhar profissionalmente em filmes e na televisão em todos os gêneros. Eu sou muito versátil e aberta a interpretar muitos personagens diferentes. Horror é o lugar onde eu comecei e ainda é muito divertido de fazer.

Alguns de seus filmes foram lançados no brasil, vejam os títulos deles em português:

Pecados Imorais (Thriller, 1997)
Segredos do prazer (Thriller, 1999)
The Independent (Comédia, 2000)
Cidade dos Sonhos (Drama, 2001)
A Criatura (Terror, 2003)
Creepshow 3 – forças do mal (Terror, 2006)
Corrida Mortal (Terror, 2008)

Saiba mais sobre a Elina



Twitter @elinamadison


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...