Oito Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

terça-feira, 16 de outubro de 2012

A credibilidade da Revista Veja

Na semana entre 29 de Julho e 04 de agosto a Revista Veja comemorou a marca de um milhão de “likes” no Facebook. Os números surpreendem após uma campanha de difamação no início da CPI do Cachoeira.
 
A Rede Record exibia imagens da Revista Veja questionando suas fontes, ignorando que jornalistas vivem de fontes enquanto a Revista Carta Capital trazia imagens da capa da Veja tentando associar a revista com crimes cometidos por Cachoeira.
 
A Revista carta Capital vinha se aproveitando da CPI tentando desmoralizar sua concorrente e ocupar o lugar de revista semanal mais lida do Brasil, ao mesmo tempo em que ajudava o governo petista, fonte de 70% de sua publicidade. O embate decisivo ocorreu na semana do dia 6 de junho de 2012 onde as duas revistas publicaram sobre o encontro do ministro Gilmar Mendes e Lula para falar sobre o julgamento do mensalão. Veja publicou a versão do ministro em que Lula o ameaçava Mendes com a CPI do Cachoeira para este votar de acordo com o PT no julgamento do mensalão, por sua vez a Carta Capital publicou a versão de Lula acusando Gilmar e inocentando Lula. Posteriormente Tom Jobim, que mediou a reunião, afirmou que a versão mais próxima da verdade fora a publicada pela Veja. Leia o post completo aqui.
 
Esta “lição de história” é interessante para compreender como a revista Veja saiu intacta dos ataques de suas rivais, a Rede Record exibiu reportagens afirmando que a Veja estaria indo mal e vendendo suas capas para arrecadar dinheiro. Diferente da Veja, revista campeã de vendas, quase ninguém assiste o jornalismo da Record (que tem média de 5 pontos de audiência no Ibope) assim como quase ninguém compra a Carta Capital.
O sucesso da Revista Veja nas redes sociais de devem ao bom serviço prestado em sua página e pela credibilidade da marca, comentários como “leu na Veja? Azar o seu!” só podem existir porque a revista é influente e lida por muitos.
Seu sucesso reflete nas vendas do livro “O País dos Petralhas 2” do colunista e blogueiro Reinaldo Azevedo, que ganhou uma segunda edição após se esgotar no primeiro fim de semana de vendas.
 
Quando publica críticas ao PT a Veja é criticada por ser parcial, quando não dá sua capa para escândalos petistas ou não ilustra todas suas edições com imagens sobre o julgamento do mensalão a Veja é criticada por não atacar os petistas. Só quem possui mais de um milhão de leitores virtuais pode conseguir isto.
Primeiro lugar nas redes sociais não é novidade para Veja, em 2010 o perfil da revista no Twitter foi considerado pelo Twitalyzer como o perfil mais influente do mundo. Quando você ver alguém difamando a Veja aleatoriamente saiba que esta pessoa ficou incomodada, pare e se pergunte o por que.
No Facebook o número de leitores é contado pelo “curtir”, quem curte a página da revista recebe em seu perfil todas as notícias da revista. Compare agora o número de leitores entre Veja e Carta capital no Facebook. Mas antes clique aqui e curta também a página da Veja.
 
Compare o número de “curtir” das duas publicações:
 
Veja: 1.149.767 curtiram
Carta Capital: 50.777 curtiram


 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Os Deuses Mortos" Oito Anos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...