Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

Zé Dirceu e José Genoino são condenados por corrupção ativa


O dia 09 de Outubro de 2012 entrou para a história, nunca antes na história deste país políticos tão influentes haviam sido condenados por corrupção. Quando pensamos em política a associamos a sujeira e o roubo dos cofres públicos. Nesta terça-feira o supremo tribunal disse chega e condenou dois dos maiores criminosos da história do Brasil por corrupção ativa.

 Genoino foi condenado primeiro, o ex-presidente do PT recebeu a sexta condenação uma hora antes. O ministro Gilmar Mendes, aquele que havia sido ameaçado por Lula, condenou Genoino, o ministro também condenou Dirceu, porém o ministro Dias Toffoli havia condenado Genoino e absolvido Dirceu. Alegando que Zé Dirceu não sabia de nada.

Para quem não vem acompanhando o julgamento, ou não entendeu como a coisa funciona. É do mensalão funciona assim: após serem acusados os réus tiveram direito a defesa, em seguida cada um deles é julgado por um dos ministros que os considera culpado ou inocente. São necessários seis votos para absolver ou condenar cada um dos réus.

Ministra Carmen Lúcia
Outro ponto alto do julgamento foi quando a ministra Carmen Lúcia desabafou indignada com a defesa petista que tentou transformar o mensalão em caixa dois: “Caixa dois é crime, ora! E agride a sociedade brasileira”. A ministra foi outra que condenou Genoino e Dirceu.

Quem deu o sexto voto pela condenação de Dirceu foi o ministro Marco Aurélio, que também condenou Genoino. O temor de uma absolvição ou de um placar apertado, que poderia gerar dúvidas acerca da culpa dos dois não vai se cumprir. Ainda restam os votos de dois ministros Celso de Mello e Ayres Britto. Mas os dois estão condenados.



As Palavras de Genoino

 
 
Durante as eleições de domingo Genoino ficou irritado com a presença da imprensa em sua zona eleitoral e declarou “Vocês são urubus que condenam a alma humana”. Desde a madrugada de ontem seu site pessoal abre em uma página vermelha com a frase: “Sou inocente! Estou indignado com esta condenação cruel. É a sensação de estar numa noite escura, de ser inocente mas estar condenado. Mas a coragem é o que dá sentido à luta pela liberdade”.
Indignados estamos nós! Somos nós que vínhamos vivendo em uma noite escura, uma noite escura de 10 anos em que o fortalecimento do ParTido se sobressai ao avanço do Brasil, onde a sede pelo poder é superior do que o desejo pela melhoria da educação, indignados pela maneira como os sonhos das pessoas são manipulados com geladeiras e possibilidades de consumo em detrimento da melhoria da qualidade de vida. Em detrimento de sua dignidade. Hoje o sol brilhou Genoino.
José Genoino nasceu no Ceará, em uma cidade chamada Quixeramobim, com pouco mais de mil habitantes. Com 13 anos muda-se para um centro maior, Senador Pompeu, onde vive na casa paroquial da cidade a pedido do padre local.
Genoino foi líder da UNE, integrante do PCdoB, onde lutou contra a ditadura vigente no país. Foi caçado pelo AI-5, onde mudou-se para São Paulo. Genoino foi preso em 1972. Após ser anistiado Genoino foi um dos fundadores do PT – o Partido dos Trabalhadores, onde tornou-se presidente, mas renunciou em 2005 após as denúncias do mensalão. Genoino foi candidato ao governo do Estado de São Paulo em 2002, onde felizmente perdeu a disputa para Geraldo Alckmin. Ele foi deputado federal por São Paulo, atualmente ele é assessor do ministro da defesa e escreveu dois livros.
 
Zé Dirceu
 
Antes de ser julgado, a revista Veja publicou com exclusividade as trêspossibilidades que Dirceu vislumbrava -  ser absolvido e virar herói petista; ser condenado a uma pena leve e tornar-se um homem livre (pois seus crimes prescreveram), porém sem direitos políticos Dirceu seria o intermediário entre o Brasil e países como Cuba, Venezuela e Peru. Se condenado Dirceu assumiu poder fugir do Brasil.
O site pessoal de José Dirceu não sofreu alterações, nele o réu condenado relembra quando foi expulso do Brasil e quando voltou clandestinamente, associando seu passado com a cassação de seu mandato em 2005 afirmando ter dedicado sua vida ao PT e ao Brasil: “A partir de então, em ação orquestrada e dirigida pelos que se opõe ao PT e seu governo, fui transformado em inimigo público número 1 e, há sete anos, me acusam diariamente pela mídia, de corrupto e chefe de quadrilha”. Dirceu termina sua carta dizendo acreditar na democracia e contrariando a reportagem de Veja afirmando que irá acatar a decisão do supremo, mas não irá se calar.
Dirceu tem um fim melancólico de pré-candidato a presidente do Brasil à réu condenado, recentemente Dirceu declarou que ele só frequentava restaurantes vazios para evitar vaias, o mesmo acontecia a qualquer local público. Esta vergonha, a inconveniência de poder sair em público é o mínimo que se espera de alguém que gerou um esquema criminoso como ele.
José Dirceu nasceu na cidade de Passa-Quatro, foi líder estudantil, foi preso em Ibiúna durante o XXX congresso da UNE. Em setembro de 1969 Dirceu foi expulso do Brasil, exilou-se em Cuba, onde foi o 13º membro da casa do Brasil, em Havana, um refúgio criado por Fidel Castro. Os demais refugiados sentiam-se incomodados com a presença de Dirceu, temendo que ele fosse um espião de Castro. Dirceu fez operações plásticas, voltou para o Brasil clandestinamente onde casou-se e passou seus dias lendo jornal e discutindo futebol a espera da democratização do país.
Na década de 80, Dirceu ajudou a fundar o PT, ficou com as glórias daqueles que lutaram contra o golpe militar, foi presidente nacional do PT durante a década de 90. Foi eleito deputado estadual e federal por São Paulo, em 2003 assumiu o cargo de chefe da casa Civil, de onde comandou o Mensalão, em 2005 foi caçado pela câmara dos deputados.
Ainda nesta terça-feira o New Yorke Times noticiou a condenação de Dirceu comparando o julgamento à tradição de impunidade e corrupção de nossa política. O jornal ainda comenta a decisão de Lula por negar a existência do mensalão: “O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se recusa a reconhecer que o esquema de compra de votos, que está no centro do escândalo, existiu”.
Por falar em lula, o ex-presidente volta a ser acusado, desta vez pelo senador tucano Alvaro Diaz acreditando que seria impossível Lula não saber de nada “É uma heresia dar tratamento diferenciado ao ex-presidente e ao ex-ministro”. Ele não é o único, Marcos Valério já haviaenvolvido Lula em capa da revista Veja. Agora vamos esperar pelos próximos dias, Ainda falta a Dirceu e a José Genoino serem julgados por formação de quadrilha. Segue o Link do site da Veja com o placar da votação.
 



Um comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...