Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Eu vejo gente morta: Fotos de Fantasmas


Muito se fala sobre as supostas fotografias de espíritos, alguns dizem que são provas da existência de um mundo espiritual, outros afirmam que são falsificações sensacionalistas. Mas afinal porque estas fotografias permeiam nosso imaginário?

Freud escreveu em seu ensaio “o Estranho” que o medo de espíritos é uma memória inconsciente transmitida pela cultura de uma época onde nossos ancestrais cultuavam deuses e espíritos da natureza. Esta tese é reforçada por nosso folclore, todos os povos de todos os países já acreditaram em seres sobrenaturais.

A possibilidade de uma vida após a morte, uma eterna preocupação de um tormento eterno, o medo de não estar sozinho no escuro. Enfim sendo verdadeiras ou não tais fotografias assustam. Seguem algumas imagens de fantasmas. Apaguem as luzes:




O Marechal inglês do ar, Senhor Victor Goddard conservou este quadro muito estranho.
A foto foi tirada depois da última missão deste grupo. Na foto aparece uma face que foi identificada
imediatamente como o aviador que encontrou a morte dias antes quando passou debaixo da hélice de um avião em marcha

Reparem no rosto do fundo, como ele é desigual, seu sorriso está tordo e o rosto meio apagado. Muito provavelmente se trata de uma falsificação sustentada pela superstição.



  Um fato surpreendente e assustador ocorreu em uma escola da Argentina.
Uma estranha aparição de uma menina fantasma foi fotografada por uma professora, no auditório de uma escola da Argentina, atrás de um grupo de alunos.

O incidente incomum aconteceu na Escola Normal de Villa Mercedes, San Luis (Argentina), e a foto foi feita em uma conferência sobre segurança, oferecida pela inspetora da oitava delegacia da cidade, Gladys Perez e professores, realizada no auditório do estabelecimento.

Uma das professoras, decidiu fotografar o evento e quando descarregou as imagens obtidas com sua câmera digital, pode ver o retrato de uma menina, sentada no fundo da sala e completamente à parte do resto de seus companheiros, e que nenhum dos participantes tinha visto na reunião.
Foto retirada no auditório da escola normal de Villa Mercedes, San Luis Argentina, por uma professora durante uma palestra sobre segurança. Estranhando aquela criança quieta e diferente a professora mostrou a foto digital para outros membros do corpo docente e participante da palestra, ninguém reconheceu a menina. A foto foi analisada e não se encontrou falcificações.

A fotografia segue sendo analisada, os defensores da
 existência dos “visitantes” acreditam terem
 encontrado uma prova da existência de espíritos,
 séticos seguem avaliando a fotografia, certos de que
 existe uma explicação muito simples para ela.





Esta menina sempre foi muito doente, tendo diversas
 passagens pelo hospital. Seus pais acreditam que a
 imagem no fundo seria seu anjo da guarda.
 Observando a foto fica nítido que a “aparição” usa a
 mesma roupa e é do mesmo tamanho da menina.
Acredita-se que seja um caso de dupla exposição, 
um defeito da fotografia que duplicou a imagem da
 menina, some-se a isto o amor faterno e o temor
pela saúde da criança e temos um fenômeno
 paranormal.

Esta foto conhecida como “tataraneta” fotografada no
 século XIX mostra uma menina de seis anos falecida
 pouco antes de a fotografia ser retirada. A família
 acreditou que a foto fosse seu espírito da garota se
 juntando para a foto. Analisando com cuidado nota-
se que o rosto do fantasma é o mesmo da primeira
 menina da direita (esquerda de quem vê a foto) é
mais um caso de sobre-exposição.


Chegou a hora da foto de um espírito mais famosa que ronda pela internet e me atrevo a dizer mais famosa do Brasil, conhecido como a “foto da menina” a fotografia teria sido registrada na Indonésia, durante tumultos. O fotógrafo registrou o local de um massacre, um corredor vazio, após revelar o filme ele encontrou esta menina.

Muito se falou sobre esta fotografia: Que ela foi registrada a exaustão, que outro fotógrafo havia ficado louco estudando a imagem, o jornal a Folha de São Paulo tentou imprimir a fotografia, mas não conseguiu imprimir a fotografia e por fim parapsicólogos afirmam ser uma foto de um espírito.

A verdade é muito mais simples esta “foto” é uma figurinha de um álbum 3D lançado nos EUA, quando a imagem é vista com óculos a garota “sai” das páginas, sem os óculos a imagem fica com este aspecto “fantasmagórico”.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...