Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

sábado, 18 de maio de 2013

Anticristo - Quatro anos de Blog: Listando nossos inimigos




Nietzsche declarou: “tudo que eu tenho a oferecer é a verdade e você não vai gostar dela”, não quero com isso afirmar que nestes quatro anos de vida o Blog “Os Deuses Mortos” defendeu e portou a verdade, mesmo porque afirmar ser portador da verdade é muita prepotência e arrogância.

O que podemos dizer é que nosso blog, sim, pois o que é escrito dirige-se ao mundo e não pertence mais ao seu autor, defendeu um ponto de vista, uma ideologia própria. Tal defesa custou caro, já fui chamado de arrogante, preconceituoso e até de demônio, mais especificamente de ser uma das faces de Satã, em um comentário não publicado no tópico “TOP 10 Ateus Famosos”. Felizmente o apoio foi sempre maior do que as críticas.

Mas de qual ideologia estamos falando? A mesma contida no nome deste blog, retirada da frase de Nietzsche “deus morreu, deus está morto e nós o matamos” tal frase apresenta-se no texto “O homem louco”, no livro Gaia Ciência no qual Nietzsche aponta que estamos todos presos uma moral vigente, a um código repressor de conduta que visa moldar o humano a imagem e semelhança de mediocridade. A única forma de combater este modelo imposto é destruí-lo. Mas o que colocar no lugar? Nossa própria moral, nossas ideias, matar deus não tem nenhuma conotação religiosa, mas sim moral e ética (ou pseudo-etica) para criarmos a nossa.

Lutamos contra os moralistas
Sendo assim este blog é um cemitério de deuses, cada um deles é atacado e morto sem piedade. O primeiro seria nossa moral brasileira. Os moralistas de plantão, sensores, todos hipócritas recalcados que pregam o bem da família brasileira, combatendo toda e qualquer forma de erotismo, quando na verdade eles se excitam quando vêm os tópicos como “a gata do mês” ou “buraco da fechadura”.
 
 
 
 
O verdadeiro incômodo está na sexualidade deles, ver estes tópicos a cima os excita e esta excitação os incomoda, tais homens sentem-se intimidados pelo próprio pênis, e desejam que todos os demais também ostentem uma falsa falicidade.
Outros inimigos são os esquerdistas de butique, aqueles que adotam um discurso, sem saber o que estão proferindo, que não admitem questionamento ou crítica e agem da mesma forma daqueles que eles criticam.
Existe exemplo maior do que o acordo entre Lula e Maluf? Envergonhados os petistas se afastarem da mídia, porém não admitiam críticas a Lula, mantendo uma convicção burra que os impede de ver que o Lula de hoje é muito diferente do metalúrgico dos anos 70 e 80. O que falar da onda que rolou na internet exigindo que Lula se tratasse no SUS? Petistas ficaram indignados com críticas ao seu deus. Se fosse qualquer outro político de qualquer outro partido não fariam eles a mesma brincadeira?
Por falar em deus, os petistas tratam seu partido como uma religião, as ideias de Lula são palavras profetizadas por deus para Moisés e escritas em tábulas sagradas, os militantes petistas são adestrados a atacarem quem quer que ouse questionar seu messias de nove dedos.
Também criticamos os “animais na coleira”, nove em cada 10 pessoas os chamam de vítimas, são os beneficiados pelo assistencialismo. Felizes beneficiados pelas migalhas como as bolsas do nosso governo, pessoas que procriam, de olho no bolsa família, e ensinam seus filhos a fazerem o mesmo, quanto mais filhos tiverem melhor e o quanto antes, assim a renda familiar aumenta.
Estas pessoas venderam sua dignidade, abandonaram de bom grado sua humanidade, aceitando andarem de quatro e abanarem o rabo para seus donos. Porque existem tantos políticos ladrões? Porque estes animais na coleira votam neles.
Por fim temos um novo inimigo, os falsos religiosos, porque falsos? Sabe aquela pessoa que só tem duas palavras no vocabulário: deus e pecado? O único motivo para falar tanto que ama deus é porque ele não tem certeza se ama.
A religião tornou-se um bom negócio para estelionatários apropriarem-se do dinheiro de
A religião deve ser combatida
pessoas desesperadas. Um lugar para psicopatas extorquirem e espalharem seus preconceitos, fazerem lavagem cerebral. Qualquer um que interprete a bíblia literalmente é um idiota.
A bíblia é um livro importante, ele trás consigo uma mitologia tão rica como a grega, assim como é um relato da história mundial, mas também é um livro machista, que defende a violência, onde deus comanda Moisés a promover um genocídio no deserto, defende o regime escravocrata, defende pena de morte contra o adultério e a homosexualidade e estabelece claras distinções de raça. Da forma como está a religião torna-se uma boa desculpa para racistas, machistas, estupradores, pedófilos e homofóbicos justificarem seus preconceitos.
A luta continua.
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...