Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

sábado, 10 de agosto de 2013

Bobbi Sue Luther


Bobbi é uma modelo e atriz norte americana, natural da cidade de Annapolis, a loira construiu uma sólida carreira como modelo – Deve ter sido difícil para ela. Como modelo Bobbi Sue fez trabalhos para Maxim, Playboy, FHM e GQ. Atualmente é casada com o diretor Robert Green Hall (Laid to Rest).

Uma face pouco conhecida deste monumento é sua ação filantrópica. Bobbi mantém uma ONG que recolhe cães abandonados para dar a eles uma nova casa.


Carreira no cinema


Aos 34 anos Bobbi Sue Luther mantém uma carreira sólida, passeando por diversos gêneros cinematográficos, mas é gritando que ela chama atenção, tudo bem, ela chama atenção de qualquer forma, mas vocês entenderam.

Seja como uma garota frágil e sem memória, que foge de um assassino, ou como uma garota assanhada, perseguida por demônios ou ainda um monstro sem rosto Bobbi Sue Luther vem se destacando no universo do terror:

Assim como muitos atores e atrizes a carreira de Bobbi começou pequena, com filmes feitos diretamente para o mercado de vídeo e produções televisivas. Foram os casos da comédia romântica “Dude... We´re Going to Rio” (sim, o nosso Rio de Janeiro) de 2003 e “The Dana & Julia Show” de 2004 – em ambas as produções sua aparição se resumiu a pontas.


Bobbi sue Luther modelando
Ainda em 2004 a moça fez uma aparição no seriado “Jornada nas Estrelas: Entrerpraise”; no ano seguinte vieram às comédias “Come as you Are” e “Gigolô Europeu por Acidente” – ambos fracassos de público e crítica.

 Uma nova chance viria apenas em 2007 com a comédia sobre Rocking Holl  intitulada de “Gameface”, que passou despercebido. Neste mesmo ano veio seu primeiro filme de terror: “The Poughkeepsie Tapes” – o filme conta a história de fitas de vídeo VHS, encontrados em uma casa abandonada em Poughkeepsie, mostrando assassinatos em detalhes como sequestros, torturas e mutilações das vítimas.  Ao mesmo tempo em que o assassino persegue uma nova vítima.

Em 2008 veio mais uma fita terrorífica, que mistura terror com comédia “Killer Pad”, sobre um grupo de amigos que vai a uma festa achando que iriam se “dar bem” com três garotas, as quais revelam-se verdadeiras diabas. O filme alterna mortes, comédia e muita sensualidade.


Laid to Rest
Ainda em 2008 Bobi fez uma participação na boa primeira temporada de “O Exterminador do Futuro: As Crônicas de Sarah Connor” e fez uma ponta em “Mais um Besteirol ao Extremo”.

Porém foi em 2009, que Bobbi alçou o título de scream queen com o ótimo “Laid to Rest” morena a moça vive uma desmemoriada mulher, que acorda em um caixão, dentro de uma funerária, percebe então que ela será a mais nova vítima de Chrome Skull, um dos melhores assassinos do cinema de terror do século XXI – todos aqueles que a ajudam em sua fuga acabam tornando-se vítimas do terrível assassino. “Laid to rest” alterna o terror dos anos 80 com a onda de filmes ultra violentos, dando preferência para o suspense e para a história.


A Noite dos Demônios 2009
No mesmo ano veio o divertido remake de “A Noite dos Demônios”, ao lado das screans queens Monica Keena e Diora Baird – Bobbi Sue Luther vai a uma festa a fantasias, vestida como gatinha sensual, ela e suas amigas ficam presas após o final da festa e despertam, por acidente, grupo de demônios que foram expulsos do inferno. Um a um eles vão sendo possuídos e perseguem os outros. Mais um terror divertido em sua carreira, que merece ser visto.

Ela ainda faria as comédias “Made in Romania”, ao lado de Jennifer Tilly (“A Noiva de Chucky)  de 2010 e “Judy Moody and the Summer” de 2011.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...