Oito Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

sábado, 5 de outubro de 2013

O Jogo da política ou dando nome aos bois


O julgamento do mensalão vai continuar, após o ministro Celso Mello decidir que o mensaleiros poderiam ter outro julgamento o ministro Luiz Fux foi escolhido para ser o novo relator. Lula assistia imponente a decisão que livraria seus amiguinhos da cadeia, segundo a revista Veja o ex-presidente não tinha como habito assistir ao julgamento, mas assistiu o voto de Celso Mello. Sua alegria se desfez quando soube que Luiz Fux fora sorteado para ser o novo relator do mensalão, suas palavras foram “Mas não é possível”.

No primeiro round a mídia fez sua parte, o julgamento fora transmitido ao vivo e os juízes se viram obrigados a trabalhar, vivemos um momento histórico políticos ladrões foram condenados. Os poderosos foram igualados os pobres.

Neste segundo assalto o ministério público atendeu os interesses do PT, manifestações de pessoas ofendidas com o julgamento começam a ser ridicularizadas por petistas, como os memes contra as cinco atrizes decepcionadas, ou nas palavras de Reinaldo Azevedo: “rede suja a serviço de bandidos, de ladrões do dinheiro público, de larápios, de percoladores, de lavadores de dinheiro.”.

Resta o terceiro assalto, desde já a mídia honesta vem fazendo sua parte Danilo Gentili trouxe em seu programa “Agora é tarde” a justiça sendo perseguida e espancada, em um momento de brilhantismo non sence o apresentador retira um vibrador do bolso de trás de sua calça dizendo “Olha o que o STF enfiou
Metáfora sobre o julgamento do mensalão:
Danilo tirando o que o STF enfiou no seu rabo
em mim”.

Mas toda essa pressão funciona? A resposta é sim Pode não ter influenciado o supremo a agir de forma ética e justa, mas a população está livre para agir. Desde que o escândalo do Mensalão estourou  o empresário Marcos Valério precisou mudar o horário de buscar seu filho na escola para fugir de populares, José Genoino não tem paz, sempre que aparece em público é hostilizado, por sua vez José Dirceu é o mais atingido (merecidamente).

Dirceu evita lugares públicos, fica preso em sua casa, precisa receber seus amigos às escondidas. Leia um trecho de “Dirceu – A Biografia” de Otávio Cabral:

“José Dirceu devorava a segunda fatia de cupim, sua carne preferida, quando foi surpreendido por um homem jovem e loiro, que se aproximara por trás e colocara a mão em seu ombro. Sua primeira impressão foi de que deveria ser um militante do PT (...) Com o rosto quase encostado ao do ex-ministro, como se fosse cochichar, o homem foi rude: ‘sou eu que pago a minha comida, não é o PT, nem o governo, seu safado!’”.

Pode parecer pouco, este que é um dos inúmeros exemplos retratados no livro ocorreu na churrascaria “Grill hall – Prazeres da Carne” em São Paulo, no 
Zé Dirceu é vaiado onde quer que vá
 
Ibirapuera, Dirceu estava com amigos, a esposa e sua filha de 17 anos comemorando a riqueza roubada de nós: “Gesticulando muito, com o dedo em riste, o homem continuou gritando ‘safado’ enquanto se afastava. A única a reagir foi Evanise, sua mulher, que se levantara e correra atrás do rapaz, que já se sentava novamente em uma mesa próxima”.

Essas pessoas precisam saber que podem de safar legalmente, mas evitar a prisão não é sinônimo de impunidade, em um país democrático as pessoas tem que acatar as decisões da justiça e são proibidas de infringirem a lei. Mas também temos que saber que possuímos o direito a livre expressão, podemos e devemos lembrar os mensaleiros de seus crimes, os petistas de que estão apoiando criminosos, temos que lembrar os petistas de que eles não possuem caráter,que seu discurso humanista é uma farsa, que eles manipulam os sentimentos alheios para alimentarem seus egos, que eles não possuem ética, de que eles não são pessoas dignas de nosso respeito. Aquele que apoia criminosos deve ser tratado como cúmplice.

“’O que você ganha com isso?’, questionou a mulher, visivelmente nervosa. ‘Quer brigar com ele? Chama num canto e fala. Agora, na frente da filha, da família?’ Ele não se renderia. Pelo contrário: ‘E você também é uma safada por estar com um safado desses’ – disse (...) Uns quinze depois, Dirceu pediria a conta, antes que os convidados tivessem acabado de comer a sobremesa. Tomaram café as pressas e foram embora. No caminho da saída, voltaria a ser hostilizado: ‘cara de pau!’ – berrou uma senhora de cabelos pintados de acaju. Quando o grupo entrou na picape Chrysler preta dirigida pelo assessor Roberto marques, a última agressão da tarde: ‘Olha ai o carro do PT!’”.

Eles podem ter conseguido um alívio momentâneo dado pelo supremo, mas a população está em seu direito constitucional de expressar seu desconforto. 

Mais uma prova de crime petista

Fernando matos motoboy que recebeu por fora para fazer campanha de Dilma
A folha de São Paulo do dia 29 de Setembro deste ano trouxe que os cabos eleitorais que trabalharam como voluntários na campanha de 2010 da presidente Dilma foram pagos por debaixo do pano.

O jornal localizou 12 pessoas que foram registrados como voluntários, quando, na verdade foram pagos pelo PT, o partido nega qualquer pagamento, porém a reportagem trás que Fernando Matos, 23 anos, recebeu R$ 300 para rodarem sua moto em Teresina com uma bandeira de Dilma.

Mariano Vieira Filho, PI, declarou a Folha de São Paulo: “[o trabalho] não foi de graça. Não sou otário para trabalhar de graça.”; a denúncia fica ainda mais grave no caso do motoboy Luís Fernando Barbosa, 25 anos, afirmou que trabalhou na campanha de Dilma e que sua assinatura, como voluntário, foi falsificada no documento entregue ao TSE “Nunca ia assinar meu nome errado. Está escrito Luís com z e eu não escrevo assim”. Cristine Macedo, de Cuiabá, afirma ter recebido R$ 600 para distribuir panfletos de Dilma “As pessoas que trabalharam precisavam do dinheiro. Eu trabalhei pelo dinheiro. Se falar em voluntário, ninguém vai trabalhar”.

Algumas pessoas podem argumentar que o mensalão é apenas mais um esquema, igual ao que sempre existiu. Mais ainda que se não houvesse pagamento para votações leis importantes não poderiam ter saído do papel. Tais pessoas funcionam pelo princípio “se ele pode, eu também posso”. É necessário ter muito cuidado com elas; outro ponto importante – a denúncia feita pela Folha de São Paulo não diz respeito às leis ou melhorias para população, dizem respeito à perpetuação no poder. Se nenhum desses pagamentos foi registrado de onde vocês imaginam que veio esse dinheiro dos cofres do PT ou do nosso bolso?

 Poderia ser feita uma ultima pergunta: porque atacar o PT, se muito provavelmente todos os partidos fazem ou fizeram a mesma coisa? A resposta é simples temos que começar de algum lugar e é o PT quem está no poder.

Desta forma quem apoia o PT sabendo de seus crimes é cúmplice e quem o defende afirmando que todos fazem igual segue a lógica do “se ele rouba eu também posso” e deve ser visto como um criminoso em potencial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Os Deuses Mortos" Oito Anos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...