quarta-feira, 28 de maio de 2014

Após três dias de greve de ônibus surge envolvimento entre secretário de transportes e PCC


Nesta ultima semana membros dissidentes do sindicato dos rodoviários da cidade de São Paulo parou a cidade na terça-feira (20); quarta-feira (21) e quinta-feira (22) os sindicalistas reivindicavam aumento de salário anunciado e não pago. Os dissidentes fecharam garagens, furaram pneus de ônibus.
O prefeito Fernando Haddad cobrou uma ação mais enérgica dos policiais – os petistas costumam criticar a polícia pelo uso da força, mas quando interessa os petistas são os primeiros a abandonarem sua ideologia.
Imagem da greve
Com toda a incompetência que lhe é conhecida Haddad levou tr~es dias para negociar, os motivos da greve seguem indefinidos.

Secretário do Transporte de São Paulo relaciona-se com PCC

A polícia civil de São Paulo está investigando o envolvimento do deputado petista João Moura com o PCC e uma possível relação com a greve da semana passada. Segundo o jornal A Folha de São Paulo o atual secretário de transportes de São Paulo Jilmar Tatto bancou quase um terço da campanha eleitoral do deputado estadual petista Luis Moura em 2010 doando R$ 201 mil para campanha de seu companheiro.
Até ai tudo bem, segundo a polícia civil de São Paulo o deputado reuniu-se em Março com pelo menos 13 membros da facção criminosa Primeiro Comando da Capital  - questionado pelo jornal o deputado petista afirmou que a reunião tinha a função de impedir a greve. Destes 13 integrantes do PCC 11 não tinham nenhuma relação com ônibus ou cooperativas, segundo a polícia não havia motivo para estarem lá.
Secretário dos transportes Jilmar Tatoo
O deputado João Moura é dono de três cooperativas de ônibus com permissão de exercer o transporte público na capital paulista. O mesmo Moura contribuiu na organização do transporte público na capital durante o governo Marta Suplicy (2001 – 2004). Marta doou R$ 35 mil para a campanha de Moura em 2010.

Questionado o petista respondeu não ter envolvimento com criminosos “Graças a Deus, eu nunca tive ligação com nenhuma facção criminosa. Isso eu posso falar com a maior tranquilidade do mundo” Moura acrescentou “Estava prestando um serviço à população (...) o que estão tentando atribuir à mim é perseguição política”.

Link com a matéria completa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Os Deuses Mortos" Sete Anos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...