VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

terça-feira, 9 de junho de 2015

Arlequina


A Dra. Harleen Quinzel era uma psicóloga talentos cujas percepções acima da média a fazia vislumbrar um futuro brilhante. Após formar-se na Universidade Estadual de Gothan, com louvor, ela pode escolher onde estagiar. Como todos os grandes pensadores Harleen optou pelo mais difícil. O Asilo Arkham.
Lá ela conheceu o homem que mudaria sua vida Coringa – o palhaço do crime, Coringa foi o motivo de Harleen ter ido para Arkham, seu desejo por estuda-lo foi maior que a prudência e lentamente a recém formada se deixou envolver pelo psicopata que a seduziu com o trocadilho de seu nome Harley Quinn.
O contato com Harleen não foi puramente calculado, o palhaço baixou a guarde e sua alma atormentada conheceu a paixão, o comediante sinistro decidiu corromper a moça. Dito e feito Quinzel apaixona-se perdidamente pelo paciente e atormentada o deixa escapar, como resultado a moça fica internada no Arkhan e esquecida pelo seu amor.


Arlequina é um fenômeno, ela é a primeira personagem da DC importada de outra mídia para os quadrinhos, seu surgimento deu-se na série animada do Batman nos anos 1990 – depois ela migrou para os quadrinhos, games e ano que vem vai estrear no cinema como umas das personagens principais de “Esquadrão Suicida”.
Nos quadrinhos a Arlequina estreou durante a saga “Terra de Ninguém” Gothan sofreu um terremoto que isolou a ilha, como os custos de reconstrução eram elevados a América opta por declarar Gothan City como “Terra de Ninguém” a isolando, Batman luta com Gordon e outros membros pelo comando da cidade.
Durante o terremoto as celas do Asilo Arkhan são abertas, Harleen aproveita para escapar, após se ambientar ela decide a melhor maneira de apresentar-se ao seu amor e, inspirada no trocadilho do palhaço, cria a Arlequina. O começo de relação com o Coringa é turbulento, o palhaço percebe-se apaixonado por ela e fora de sua razão. Ele opta pela saída mais lógica, matar a moça.
Capa da Edição de Estréia da Arlequina
A tentativa de assassinato apenas deixa a moça mais apaixonada, assim começa uma história de amor entre os dois. Arlequina está disposta a tudo para agradar o seu “pudinzinho”. Submissa ela sofre constantes abusos que envolvem humilhação, mordaças e amarras. No jogo “Arkhan Asylun” o Coringa promete uma noite com a Arlequina para quem matar o Batman. Um bom namorado, não?
Uma das melhores amigas da Arlequina é justamente a mais feminista das vilãs - Hera Venenosa acolheu a palhacinha algumas vezes, sempre que o Coringa abusa nos maus-tratos, as duas juntas experimentam uma vida de garotas a lá Telma e Louise, porém, diferente do filme Arlequina sempre volta para o seu amor.
A Arlequina vem sendo personagem constantes no Universo DC fica cada vez mais raro ver o Coringa desacompanhado, nos jogos para PS ela está presente com participações marcantes. Em “Injustice”, uma trama que envolve universos paralelos, a moça tem papel fundamental como membro da resistência a um Superman ditador.
Na trilogia Arkhan Arlequina ajuda seu amor contra o Batman: no primeiro jogo “Arkhan Asylum” ela promove uma rebelião dentro do asilo prendendo o “cérebro de morcego” com os piores criminosos de Gothan.
Sua importância aumenta em “Arkhan City” Coringa está doente e Arlequina comanda as tropas do palhaço, desesperada ela está ainda mais hiperativa. No extra: “A Vingança da Arlequina” ela consegue sequestrar o Morcegão”.
Por falar no Batman este considera a Arlequina uma chateação, porém longe de ser inofensiva, as vezes ela parece ser mais louca que o próprio Coringa, agitada, sorridente, meiga e muitas vezes chata Batman precisa se conter para não machuca-la em seus encontros, afinal Bruce é um cavalheiro incapaz de machucar uma mulher.
Nos cinemas Arlequina será interpretada pela linda e talentosa Margot Robbie, figura que deverá ser central no “Esquadrão Suicida”, cujos detalhes ainda não foram divulgados, todas as novidades
Margot Robbie em cena de
"Esquadrão Suicida"
serão divulgados aqui.

Louca, linda, divertida, chata, irresistível Arlequina é tudo isso e muito mais, impossível não torcer por ela e por seu pudinzinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Os Deuses Mortos" Oito Anos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...