Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

terça-feira, 8 de dezembro de 2015

Tsubasa Honda

Estamos em 2006, uma adolescente de quatorze anos de idade caminha pelas ruas de Tóquio, sua cidade natal, quando sete caça talentos a descobrem em dias diferentes do mesmo ano. Com o sétimo convite Tsubasa Honda descobriu que não tinha como recusar. Ela assinou contrato com a revista seventeen dando inpicio a uma carreira de sucesso.
Seis anos se passaram após alguns doramas (seriados japoneses com média de 13 episódios) – dois com um papel fixo e ter atuando nos cinemas no filme “Fashion Story: Modelo” Tsubasa foi escalada para viver a triste e solitária Kanzaki Urumi em GTO primeiro grande papel de sua vida.
Além de GTO 2012 ser muito legal acabou revelando vários talentos, entre eles Tsubasa que deslanchou sua carreira. Até esse post a moça atuou em 11 doramas e seis filmes após GTO, todos com destaque, ao compararmos com sua carreira antes de 2012 onde participou de seis Doramas (na maior parte como coadjuvante) e um filme.
No bastidores de GTO
Sua personagem demorou a ter destaque, quando o fez protagonizou dois episódios. Que outro aluno teve essa façanha? Tsubasa emprestou leveza a Kanzaki cativando pelo vazio sentido, diferente do anime onde ela é uma terrorista que tenta explodir a escola, mas sim uma garota sozinha que não conhece ninguém que precise dela além de sua inteligência. Ela aproxima-se de Onizuka cativada por sua humanidade, tudo que lhe falta,

Seu primeiro trabalho pós GTO foi “Piece” interpretando Mizuho Suga que no funeral de Origuchi, sua amiga, a mãe desta lhe diz que essa tinha um amor secreto e pede para Mizuho ajuda-la a descobrir quem é. Simultaneamente reencontra um colega de classe com quem se relacionou em segredo. Baseado em mangá homônimo.
Mistura entre mistério e romance o dorama alterna entre presente e passado: Mizuho lembra-se de seu tempo de colégio onde viveu o amor proibido, por ser fora dos padrões, nada de namoro apenas encontros casuais porém o sentimento era verdadeiro – em uma sociedade como a japonesa, onde existem rígidos valores morais dois estudantes com esse modelo de relacionamento seria um escândalo.
Piece
O nome faz referência à investigação de Mizuho em busca do namorado secreto de sua amiga e principalmente a maneira fragmentada como a história é narrada. Piece é uma típica história de superação onde a protagonista (personagem de Tsubasa) tenta solucionar um mistério enquanto tenta ajudar a si mesma trazendo a luz fantasmas do passado.

Em 2013 vieram mais três séries destaque para a comédia “Vampire Heaven” sobre duas vampiresas: Sakurako e Komachi (Honda) apaixonam-se por um mortal essa relação tem dois pequenos problemas o primeiro Sakurako possui 170 anos e Komachi 165 anos, enquanto o humano tem apenas 20 anos.
O segundo problema é o tabu vampiros e humanos vivem em mundos diferentes e quando um vampiro se apaixona ele anseia pelo sangue de seu parceiro. Vocês já imaginaram onde isso vai dar.
Com episódios de apenas 30 minutos o descompromisso rege o dorama as duas vampiresas, vestidas como Ghotic Lolitta, fogem para o mundo humano onde ficam embasbacadas com as luzes e tipos de Tóquio. Sem ter onde ficar ou para onde ir elas dormem nas ruas da capital japonesa até serem encontradas por um cara. Coloquem-se no lugar dele: é de noite, após um dia de trabalho você está voltando para casa e encontra duas beldades dormindo na rua. O que você faria?
Vampire Heaven
A temática lembrou alguma coisa? Essa história de rapaz encontra garota bonita porém estranha, abandonada na rua é um grande clichê dos animes, as coisas não param por ai a linguagem visual assim como o tema de abertura e o humor caricato lembram em muito as animações.

Sua carreira continuou com papéis importantes, em 2015 ela atuou em um papel diferente daqueles que vinha fazendo: “Yamegoku: Yakuza Yamete Itadakimasu” sobre uma divisão do polícia de Tóquio especializada em ajudar membros da yakuza que desejam abandonar seus clãs – além da separação o departamento acorda com o ex-membro a delação de seu chefe e a reinserção social.

Atualmente é muito fácil encontra-la na televisão em algum dos inúmeros comerciais que gravou nesses três anos, prova de carisma e talento. A moça conta com uma marca registrada seu corte de cabelo contrastando com a maioria das mulheres que ostentam longas madeixas o cabelinho curto a destaca. O que você está esperando para ir atrás dessas dicas?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...