Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

sábado, 9 de janeiro de 2016

Chiaki Kuriyama a Maior Estrela da Ásia



Aqueles acostumados com o universo do cinema ou com o cenário asiático não precisam ser apresentados à Chiaki Kuriyama, os demais devem se lembrar da psicopata vestida de colegial Gogo Yubari de “Kill Bill” a personagem interpretada por Chiaki Kuriyama roubou a cena ao lutar contra a Noiva e fez a atriz entrar para o cenário Pop mesmo sua carreira em Hollywood tendo terminado por ai. Até o momento.

No mercado japonês sua carreira vai de vento em poupa participando de doramas (seriados japoneses com cerca de 13 episódios cada), protagonizando filmes de sucesso, cantora e modelo de sucesso.

Sua carreira deslanchou com personagens extremos, em geral mulheres frias e violentas em filmes como Batle Royalle, Kill Bill e Azumi 2, é muito difícil para um ator separar sua imagem de certos estereótipos de personagens, porém ela conseguiu e hoje encarna qualquer papel.

A consagração de seu talento veio com o prêmio Rising Star of Asia Award  (algo como prêmio de maior estrela asiática) a premiação, uma espécie de Oscar do continente asiático, a premiação contempla o cinema realizado no continente ocorrido em Hong Kong. A japonesa que conquistou o Ocidente antes de seu país natal tem planos para voltar a Hollywood.

“Existem muitas coproduções entre Japão e outros países acontecendo, eu gostaria de aproveitar, a maior barreira é a língua”.  Kuriyama não é a única a querer voltar para Hollywood espectadores pedem sua participação em filmes, seu nome foi ventilado para a adaptação de “Tekken” de 2009 porém sua personagem foi cortada do roteiro, mais recentemente especulou-se o protagonismo da adaptação de “Ghost in the Shell” papel que acabou com Scarlet Johansson. Mercado para a Chiaki existe.

Durante a premiação foi-lhe perguntado se ela gostaria de voltar ao cinema americano: “É claro que eu gostaria, poderia interpretar uma japonesa que fala mal o inglês” brincou “seria muito bom sempre que fosse ao exterior pudesse conversar com as pessoas em seu idioma, planejo estudar, mas sempre que volto ao Japão me encontro cheia de compromissos”.

Ela foi perguntada sobre a conquista desse prêmio tão importante: “Eu sou jovem, ainda estou nos meus trinta anos (31 para ser exato) e esse prêmio faz com que eu queira melhorar ainda mais. Agora meu objetivo é estender minha carreira por mais tempo e ao ficar mais velha possa interpretar papeis diferentes” - uma carreira no cinema pode ser curta e cruel dependendo do(a) ator/atriz principalmente aqueles que são apenas um rosto bonito, felizmente não é o caso dela “Faz mais de dez anos que eu fiz Kill Bill e as pessoas ainda falam comigo sobre esse filme, me fazendo perceber o quanto que os filmes perduram”.

Bonita, talentosa e humilde Kuriyama destaca-se no mercado japonês só sua espontaneidade e carisma a tornam a atriz japonesa mais popular do ocidente, o que não é pouca coisa.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...