segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Life: Um drama sobre o Bullying

Angustiante e excelente essas duas palavras aparentemente contraditórias são a melhor maneira de descrever Life, drama que retrata os maus tratos sofridos por Shiiba Ayumu, uma garota do colégio que passa a sofrer bullying após uma série de desacertos com suas novas colegas. Revoltante também cairia bem, em alguns momentos fica difícil assistir aos episódios - seja pelas agressões ou pela omissão das demais personagens. Outra palavra possível seria esperançoso, no meio de tanta dor a garota busca um motivo para continuar vivendo.


Ijime - O Bullying no Japão

Independente do lugar o Bullying é sempre algo cruel, deixa marcas profundas no corpo e na alma, em muito casos desencadeando síndrome do pânico, depressão ou alguma outra doença da neurose. Em casos estremos leva ao suicídio.
Não importa a profundidade o inferno, é sempre possível cair em um local mais nefasto. É o caso do Ijime, como os japoneses chamam o bullying. Diferente de apelidos ou "agressões leves" ocorridas no Brasil (que de leves não tem nada) lá a coisa é mais séria:
Começando por ofensas como: "você é nojento" ou "você fede" a difamações pelo celular ou internet a extorsões, alguns alunos são obrigados a comprar lanche ou bens de consumo para seus agressores. Podendo passar por agressões físicas. Esse é o bullying "leve".
Em casos mais pesados as vítimas são obrigados a engolir agulhas, são amarrados na cadeira, dentro da sala de aula, espancados, jogados em grandes lixeiras públicas, obrigados a treinarem suicídio, isso mesmo que vocês leram, algumas vítimas são obrigadas a treinar suicídio, como pular de prédios ou se jogarem na frente do metrô.
Você deve estar pensando, não existe nada pior que isso, são documentados casos em que as vítimas foram mortas durante uma sessão de bullying, alguns via espancamento, alguns após serem forçados a engolirem objetos cortantes e até casos onde jovens são queimados vivos.
A coisa é pesada, são relativamente comuns produções sobre o tema, sempre de difícil digestão, se você tiver estômago continue lendo e conheça a história de Life.


Life - mal-entendidos e Bullyin

Amigo leitor, você continua aqui, agradeço pela
consideração e prepare seu fígado. Começa aqui uma das narrativas mais indigestas produzidas pela industria televisiva japonesa.
Life conta a história de Shiiba Ayumu, aluna medíocre, garota tímida de apenas uma amiga. Em casa sua mãe a ignora, provindo apenas os cuidados básicos, dispendendo toda á atenção ao filho menor - garoto estudioso e esforçado. Ayumu não tem pai, em nenhum momento sua ausência é explicada dando a entender que sua mãe é solteira e cria os filhos sozinha, a ausência do pai pode ser entendida como um simbolismo a falta de cuidado e proteção. Ao longo do drama esse contexto ficará claro.
Ayumu está prestes a entrar para o colegial ela e Shinozuka, sua única amiga, estão para se separarem, a garota decide prestar o "vestibulinho" para o mesmo colégio que sua amiga, assim ficarão juntas. A mãe de Ayumu a desencoraja.
É meus amigos, o destino costuma pregar peças Ayumu passa no colégio e Shinozuka não. Nesse momento Shinozuka rompe a amizade e ofende nossa protagonista. A garota nunca foi amiga de Ayumu, ela apenas a usou para se vangloriar, valorizando-se de suas boas notas ela se junta a uma péssima aluna e a diminui constantemente.
Não vou entrar em detalhes para não estragar o divertimento, arrasada, sozinha e arrependida Ayumu começa no novo colégio, o Colégio Nishidate, uma escola de elite. Lá ela conhece Manase, a garota mais popular e bonita do colégio.
Por que Manase seria amiga de Ayumu? Simples, para usa-la. Mana (como é carinhosamente chamada) é uma garota fútil e insegura, ela se cerca de amigas puxa-saco, que em troca da bajulação tornam-se populares. Um acordo "perfeito", assim Mana começa a usar Ayumu.

No começo Ayumu está deslumbrada, ela faz parte da turma dos populares, mais ainda Mana, uma garota gentil, bonita e popular é sua melhor amiga. As duas estão sempre juntas. Com o passar do tempo vamos percebendo a personalidade da garota, que exige ser bajulada, elogiada e determina com que suas amigas podem falar.
O primeiro bullying começa quando Hirose Nodoka, uma garota da turma das populares, sai em uma revista, Mana ordena que suas amigas a ignorem. Ayumu não gosta, mas insegura entra na onda, sentindo-se péssima com sua atitude, mas sem forças para ir contra as demais. Hirosepassa a ser ignorada e fica sozinha, temos ai o primeiro mal interpretado, a garota julga Ayumu a mentora do bullying e começa a odia-la.
Mana possui um namorado - Sako Katsumi, que pode ser definido como um psicopata. Na frente de todos ele é um excelente aluno, um dos melhores de seu colégio, rapaz bondoso e correto vislumbrando um brilhante futuro a frente, por detrás é um sádico que diverte-se provocando dor e humilhando os outros, principalmente mulheres. Ele odeia Manami.
Então por que eles namoram? O pai de Manami é um rico e poderoso empresário que foi mentor do pai de Sako, que hoje em dia trabalha para ele. O homem obriga seu filho a namorar a filha do chefe e o surra todas as vezes que Mana sai magoada. Por sua vez Manami vive em um mundo de sonhos, onde ignora o descaso de Sako, se enganando apenas para manter sua imagem.


Descida ao inferno

Aviso de antemão que a partir daqui terão alguns spoilers, farei o possível para escrever sem estragar
a diversão de vocês, ainda aqui? Muito bem. 
Sako termina com Manami, que tenta se matar após a rejeição, Ayumu consegue salvar a vida de sua amiga, que rompe a amisade.
Legal essa Manami, briga com quem salva sua vida e elogia quem a ignora, Ayumu fica muito preocupada, pedindo desculpas e dizendo que gosta de sua amiga, a querendo por perto. É ai que ela tem uma ideia brilhante: ir atrás de Sako.
Até então ela acredita que o rapaz é um cara legal, irritado com a insistência daquela garota que não o conhece ele decide convida-la para sua casa. Era um dia de chuva, ele a leva para seu quarto dizendo que tem uma toalha em uma gaveta.
A armadilha estava feita, a gaveta possui um álbum de fotos de mulheres amarradas e humilhadas, Sako amarra Ayumu e a fotografa mediante chantagem - se ela resistir ou contar alguma coisa para alguém ele dirá a todos que Ayumu tentou seduzi-lo. 
Após ser humilhada e fotografada Ayumu é liberada, Sako mantém uma fotografia para chantagea-la, e num sial de "benevolência" anuncia que voltará para Manami, na verdade ele o faz por medo de seu pai, no dia seguinte o casal feliz está de volta, Sako faz questão de estar junto da protagonista para tortura-la.
Vocês se lembram de Nodoka, a garota que foi escluída por sair na revista? Ela seguiu Ayumu e Sako fotografando os dois entrando na casa dele. Culpando a pessoa errada Nodoka mostra as fotografias para Manami. 
Nodoka tinha dois objetivos vingar-se e voltar ao grupo das populares, Manami fica chocada, suas amigas começam a perseguir Ayumu, primeiro a tentam fazer engolir agulhas; jogam fora seu material no lixo, espalham que ela roubou o namorado da melhor amiga, jogam tinta em seu cabelo... a coisa vai piorando.
Em um diálogo as garotas comentam felizes que após a ultima humilhação Ayumu deverá cometer suicídio, é isso que quase acontece, Ayumu ia jogar-se na frente do trem quando sua colega de classe, Katori Miki, uma garota excluída a salva.
Diferente de Ayumu Miki é uma garota segura e confiante, ela não se importa com turmas ou em estar sozinha, valoriza apenas as verdadeiras amizades, durante o drama Miki vem dando mostras de apresiar Ayumu por ser uma pessoa verdadeira e não ligar para rótulos.
As duas garotas começam uma amizade, de onde Ayumu tira forças para lutar contra o bullying, chegamos a metade do drama, quer saber como termina? Simples assista, recomendo comprarem pelo site  universo anime, clicando aqui.
Life é um drama de 2007,  com 11 episódios, um grande sucesso no Japão, que impulsionou a carreira de muitas atrizes, Conforme disse acima é um drama difícil de assistir, a curta duração dos episódios nos ajudas, cada um possui 36 minutos, ficaria difícil aguentar mais tempo de humilhação e tortura.

Personagens principais


Shiiba Ayumu - protagonista e vítima clássica, tímida, insegura e fechada Ayumu não acredita em si e permite que os outros a usem em troca de atenção. Lá no fundo é uma garota bondosa e sincera.








Anzai Manami - Garota mimada, a mais popular do colégio e cercada de amigas, é o que parece, na verdade ela é uma fraca, não possuindo uma única relação verdadeira. Seu namorado é obrigado a permanecer junto pelas ameaças de seu pai; suas amigas estão interessadas apenas na popularidade. A única pessoa sincera com ela é Ayumu, a quem hostiliza.


Sako katsumi - Garoto inteligente, bonito e popular. Tido como gentil e educado é na verdade um sádico que gosta de ameaçar os mais fracos, na verdade desconta o ódio que sente por seu pai que o espanca e obriga a manter uma aparência.


Hatori Miiki - garota calada que sempre falta as aulas, na verdade  trabalha para ajudar seus pais financeiramente, graças a suas faltas e a seu gênio calado e sincero a moça sofre todo o tipo de boato, diferente de Ayumu ela não se importa, ninguém consegue praticar bullying com ela devido a sua postura.


Hirose Nodoka - Integrante do grupo das garotas populares, que após ser excluída  enxerga na prática do bullying  a única maneira de se reinserir, é ela quem incita as demais contra Ayumu, é outra falsa, que chama de amigas garotas que não se importam com ela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Os Deuses Mortos" Sete Anos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...