Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

sexta-feira, 14 de outubro de 2016

Taaffe O'Connell

No começo dos anos 1980 Alien O Oitavo Passageiro colhia as glórias de sua qualidade, em paralelo produtores e diretores picaretas tentavam abocanhar uma parte desse lucro, eis que Roger Corman produz uma das melhores imitações Galáxia do Terror atualmente com status de cult trás em seu elenco a screan queen de hoje em uma cena memorável, mas antes um pouco de história.
Natural da cidade de Providence em Rhode Island Taaffe sempre ostentou a típica beleza americana, cabelos loiros, corpo esguio e seios fartos, como muitas garotas tentou carreira no cinema. Sem nunca conseguir chegar a ser uma estrela a loira conseguiu ser atriz e ter alguns sucessos no currículo, mesmo que alguns deles tenham vindo tardiamente, atualmente trabalha como editora.
  Sua estreia deu-se sem muito glamour com participações em séries de TV  de sucesso como Strasky and Hutch; CHIPS e Mulher Maravilha e participações maiores em séries menores até sua estreia no cinema, se é que podemos chamar assim, como ring girl em “Rocky II”.
Sua verdadeira estreia a coloca nesse post em 1980 fez parte do elenco de Reveillon Maldito um slasher movie vindo na onda de Halloween e Sexta-Feira 13. Na trama uma radialista usa a virada de ano para um especial (os EUA possuem quatro fusos horários) a cada meia-noite fará uma festa. Durante o programa a radialista recebe um telefonema de um homem informando que a cada fuso horário matará uma pessoa. O filme mostra um assassino mascarado matando pessoas onde Taaffe é uma de suas vítimas. Um começo ofuscado e uma das bombas da extinta Cannon Filmes.
O ano seguinte veio a fita que a faria famosa Galáxia do Terror, hoje um cult, parcialmente ignorado na 
época o filme mostra uma missão de resgate espacial
Galáxia do Terror

onde uma nave fica presa em um planeta inóspito. Os tripulantes tem como missão invadir uma pirâmide de proporções gigantescas (a premissa de Alien) com uma diferença aqui cada tripulante enfrenta seus medos.
Taaffe faz o alívio erótico (se é que podemos chamar assim) cada tripulante encontra seu fim ao deparar-se com seu maior medo; Dameia (Taaffe) tem horror a vermeis eis que em uma cana ela é estuprada por um verme gigante, uma cena muito bem feita, gradativamente Dameia vai perdendo o medo e gostando da coisa até ser absorvida pelo verme em meio a gemidos de prazer.
Galáxia do Terror tem outro motivo para ser cult ele foi um dos primeiros papeis de Robert Englund no terror, logo após ter sido recusado nos testes para viver Han Solo em Star Wars.
Na sequencia vieram mais participações em séries de TV até o splotation Cager Fury de 1983 sobre uma
Caged Fury
prisão secreta nas selvas da ásia onde vieticongues sequestram mulheres bonitas para lhes fazer lavagem cerebral.

Depois de uma ponta no seriado A Super Máquina Taaffe atuou em Férias Ardentes de 1985 daquelas comédias sensuais que povoavam o cinema na década de 80, o enredo era sempre o mesmo um grupo de adolescentes saiam em férias buscando sexo, raramente conseguiam e de quebra se envolviam em problemas, mas sempre rolava um peitinho. Aqui não é diferente só que o filme se passa em um resort mexicano.
Ela ainda esteve em The Colony de 1996 (não confunda com o filme do van Damme); esteve em
Férias Ardentes
alguns episódios de Um é pouco, dois é bom e três é demais voltando ao terror em Dismembered de de 2003 sobre um assassino que desmembra mulheres. O filme não fez muito sucesso.

Ela ainda teve fôlego para aparecer nua em 2011 no filme Eu Queria ter a sua Vida essa foi sua ultima aparição no cinema. Atualmente vive como editora, mas sempre será lembrada como a jovem e inocente Dameia deflorada por um verme gigante, ideia saída da mente de Roger Corman, o eterno rei do trash. Valeu Corman!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...