quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

O Brasil Virou a Direita

Os últimos 13 anos serviram para mostrar como os esquerdistas usam as pessoas como instrumento: criam ilusões, enfeitam um discurso, dizem estarem lá para salvar os mais pobres, elegem inimigos e sujam seu nome. Tudo em pró do poder.
O legado do PT é o desemprego e o ódio, o partido que chegou ao poder com o discurso do "nós contra eles", continua tentando implantar seu discurso via feministas, verdes, pseudo intelectuais e famosos. A lista se estende. A boa notícia nisso tudo é que o Brasileiro definitivamente virou a direita.
De acordo com o jornal O Estado de São Paulo, que publicou dados da pesquisa Ibope o brasileiro tem seus valores direitistas fortalecidos. Temas polêmicos como pena de morte, prisão perpétua e redução da maioridade penal foram perguntados e o resultado surpreende positivamente.
Antes de mais nada um conservador seria favorável aos três tópicos acima, enquanto que os esquerdistas - pessoas que amam bandidos, mas moram em casas luxuosas protegidas deles são contra. Os vermelinhos usam um discurso falso, usam o brasileiro médio como bandeira ideológica, enquanto direitistas tentam colocar uma ordem na sociedade.

Vamos aos Resultados

Essa pesquisa foi compara a mesma feita em 2010, onde a comparação dos resultados você vê agora: Em 2010 31% da população era favorável a pena de
morte, hoje esse número subiu para 49%; o apoio a redução da maioridade penal (permitir que menores de 18 anos possam ser presos) subiu de 63% para 78%; o apoio a prisão perpétua também subiu, foi de 66% para 78%.
Uma das mentiras preferidas dos esquerdistas é chamar as pessoas que pensam diferente delas de preconceituosas. A pesquisa fez duas perguntas - 1)Você é favorável ao aborto; 2) Você é favorável ao casamento gay. 
Na primeira não houve mudança: 78% eram contra e continuam, já na segunda a mentira é desmontada. Em 2010 25% das pessoas eram favoráveis ao casamento entre pessoas do mesmo sexo, hoje 42% se dizem a favor.


Então porque essas medidas não passam?

A pena de morte é discutida desde o governo FHC, a redução da maioridade penal é algo cada vez mais pedida pelo brasileiro, assim como a prisão perpétua. Então porque não são votadas no congresso? A maioria dos políticos adota um discurso esquerdopata, não por o serem, mas pela pressão midiática.
Lembrem do impeachment, quantos jornalistas e celebridades defenderam (e ainda defendem )Dilma? Os esquerdistas sabem fazer barulho, eles enchem suas redes sociais de material vermelho, ao ponto de você não aguentar mais tocar no assunto e deixar de lado.
Outro fator é que os nossos presidentes vem se colocando contra as aclamações populares. FHC posicionou-se abertamente contra a pena de morte, seus predecessores (Lula e Dilma) não aceitam discutir a diminuição da maioridade penal, alegando ideologia (o famoso mimimi).
Geraldo Alckmin
Dos atuais pré candidatos a presidência da república apenas dois se pronunciaram favoráveis a diminuição da idade penal Geraldo Alckmin do PSDB e Jair Bolsonaro - o primeiro em um projeto conciliador a redução seria de acordo com o crime a numa reincidência, já Bolsonaro é favorável a redução e ponto.
Dentre os mesmos pré-candidatos só Bolsonaro é favoravel a pena de morte. Então, nas próximas eleições (que serão em 2018) pare e analise, qual candidato pensa como você e de a ele seu voto.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Os Deuses Mortos" Sete Anos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...