Oito Anos de Os Deuses Mortos

VIII Oito Anos de Os Deuses Mortos

segunda-feira, 5 de junho de 2017

A Vaca Japonesa

Não, esse não é um post sobre pecuária, é um post curioso sobre as vacas japonesas. Mas a final o que é isso?
Primeiramente vamos nos situar na linguagem. Aqui no Brasil vaca é aquela "mulher de família", cujas atividades sexuais são debatidas pelo povo. Uma mulher cuja moral não inspira confiança ou ainda uma ofensa que não necessariamente diz respeito a sua conduta, mas é dita para ofender. Não posso afirmar mas acredito que vaca seja em função de seu marido, o boi que ostenta belos chifres.
Muito bem, de volta ao Japão a palavra vaca não é uma depreciação sexual (existem outras ofensas mais efetivas). Vacas são mulheres peitudas - é uma brincadeira, pode ser uma maneira de ofender via a vergonha pelo corpo voluptuoso ou uma crítica de quem tem dor de cotovelo. E como estamos falando do Japão virou fetiche.
Yume Mizuki
No post sobre as AV Idols postei que a influência americana na cultura japonesa abriu mercado para atrizes de seios grandes, o termo vaca é importado do país do tio San, mais especificamente Milk Lady em comparação ao tamanho das tetas da vaca.
Claro que estamos falando do Japão, lá a coisa atinge outro nível, em 2016 a atriz Yume Mizuki atuou em The Milky Lady - um pornô ao estilo super heroína, aqui ela está devidamente trajada como mulher vaca.
As vaquinhas estão presentes nos animes ecchis - é o caso de DxD, onde a Akeno aparece em um dos encerramentos dançando com biquíni de vaquinha, no anime Sora Otoshimono somos apresentados a um maid café onde as garçonetes, todas peitudas, vestem-se de vacas.
Também são comuns restaurantes que apelam ao
fetiche, no Japão estabelecimentos vestem suas garçonetes com roupas típicas. Algum lugares trajam suas garotas como vaquinhas com direito a decotes, orelhas, chifres e simpáticos sininhos no pescoço.
Temos lingeries de vaca, figures, biquínis... a imaginação é o limite, principalmente no país do sol nascente.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Os Deuses Mortos" Oito Anos

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...