Os Deuses Mortos - Nove Anos

Os Deuses Mortos - Nove Anos

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

O cumpanhero fala

Grandes impérios são destruídos por dentro, conflitos internos, guerras de ego e sede pelo poder minam gradativamente até que se destroem. O mesmo acontece com organizações criminosas. Uma vez que algumas peças chaves caem as demais começam a salvar seu pescoço, entregando o chefão.
Nessa semana o ex-braço direito de Lula, Antonio Palocci, abriu a boca. 
Com a única intenção de se salvar o ex-ministro entregou Lula, atualmente o ex-presidente segue em uma tentativa desesperada de eleger-se presidente com apenas dois intuitos: não ser preso e mudar sua situação criminal de dentro para fora. Para isso ele tenta conseguir os votos dos jecas que formam seu curral eleitoral.

Palocci fala

Fundador do PT, prefeito de Ribeirão Preto, ministro da Fazenda de Lula, Ministro da Casa Civil de Dilma, nome que foi cogitado duas vezes para sucessão presidencial e agora preso Palocci começou a entregar seu companheiro, a seguir um resumo do que ele falou.
Lula teria feito um acordo com a empreiteira Odebretch no formato de um fundo de R$ 300 milhões. Esse dinheiro seria lavado como pagamento de palestras e agrados pontuais (como o triplex do Guarujá).
Palocci desmente a versão de Lula, autointitulado a alma mais honesta do Brasil. Segundo o ex-ministro o nove dedos sabia e tirou proveito pessoal da corrupção implantada durante o governo PT.
Em depoimento Palocci afirma ter sido o homem de confiança de Lula para transportar o dinheiro da propina (o pixuleco, nome que deu origem ao mascote nos protestos contra Dilma). Mesmo após a saída de Lula da presidência.
Em 2010, enquanto coordenava a campanha de Dilma Palocci teria entregue para Lula maços de dinheiro com trinta, quarenta ou cinquenta mil reais, dinheiro esse utilizado para custear despesas particulares - entenda a vida de luxo que Lula levava as nossas custas.
Os valores acima são descritos como "pequenos", os grandes teriam sido entregues na sede do Instituto Lula. Descritas como "pequenas" e "não tão pequenas" as quantias teriam saído da conta do "amigo" - nome código para o fundo criado pela Odebrecht descrita acima. No total esse funde teria movimentado 40 milhões de reais em dinheiro roubado.
De acordo com os relatos de Palocci Lula roubava até dos seus. O instituto Lula teria duas contabilidades. Uma delas demonstrando o uso de doações milionárias na promoção de inclusão social; outra demonstrando quanto desse dinheiro seria desviado por Lula.
Todo esse trambique já vem sendo investigado pela Lava Jato por lavagem de dinheiro e corrupção: O fundo explicado por Palocci faz parte de um esquema de Corrupção: em troca do dinheiro para Lula e para o PT a empreiteira ganharia contratos superfaturados (nosso dinheiro sendo roubado pelo PT) e Lula deveria usar de sua influência para conseguir novos contratos.

Lula 2018?

Lula corre contra o tempo. Torcendo para não ser julgado em segunda instância antes das eleições presidenciais, enquanto tenta convencer a burricada que vota nele a repetir os votos e novamente incitar o ódio entre "aqueles que leem jornal" contra "aqueles que limpam com jornal".
O depoimento de Palocci piora em muito sua situação. De todas as denúncia a língua do Palocci são as piores para Lula. Agora é uma questão de tempo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...