Os Deuses Mortos - Nove Anos

Os Deuses Mortos - Nove Anos

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

O Novo Trailer de Fullmetal Alchemist

No começo do ano esse blog trouxe a informação da produção do filme de Fullmetal Alchemist, chegou a vez de analisar o trailer, especialmente seus pontos positivos e negativos.
Não custa nada lembrar: o mangá/anime nos conta a saga dos irmãos Elric, que não suportaram a morte de sua mãe e quebraram o maior tabu da alquimia - não fazer a transmutação humana, ou seja criar vida ou reviver os mortos.
Aqueles que infringem essa regra pagam com uma parte de seu corpo, Edward perdeu um braço e uma perna, Alphonse o corpo inteiro. Assim os dois irmãos partem em uma jornada para recuperarem o que perderam. 

Analisando o Trailer

Em tom épico somos apresentados a Edward e Alphonse em cenas de luta já mostradas antes. O trailer começa em um trem atravessando a Europa, o alquimista de aço e seu irmão da armadura lutando contra alguns oponentes, seguido por uma cena onde sua mãe, ainda viva, abraça os dois. Vemos imagens da transmutação humana, um vórtice, por fim uma cena onde Ed descansa sua cabeça no peito de aço de seu irmão em sinal de arrependimento.
O começo é perfeito, de forma simples e rápida somos apresentados as personagens. 
Os esfeitos também estão bons, essa é a maior crítica que os live actions japoneses recebem, a baixa qualidade dos CGIs. Até aqui irretocáveis, com um bônus para a mobilidade de Alfhonse dentro da armdura.
A seguir temos mais efeitos especiais, os mesmos vistos no primeiro teaser, seguido pela apresentação das personagens. A primeira é Winry, a mecânica de próteses, sua aparição é rápida mas o suficiente para se mostrar uma garota animada e brava, tal qual no anime, ela dá uma bronca no alquimista de aço, que faz aquela cada de "por que eu?".
A cena parece bem fidedigna, gostei da caracterização da Tsubasa Honda como Wynri, alguns podem reclamar dela não estar loira, sinceramente não vejo importância. Até aqui o trailer é ótimo.
O próximo a aparecer é o alquimista das chamas, Roy Mustang, o coronel surge de forma arrogante e severa, explodindo o chão perto de Ed.
Eis o primeiro ponto de preocupação para o filme: a cena da explosão não convence. Todos sabemos do poder de fogo do Mustang, na cena ela dá só uma chamuscada. O pulo que o Ed deu para fugir ficou desproporcional, um pouco ridículo.
O próximo é Maes Hughes, aquele personagem que todo mundo gosta, seguido da tenente Hawkeye, braço direito do Mustang. Os dois aparecem de relance, ficando impossível de fazer qualquer análise. O visual da tenente não me agradou. Poderiam ter optado por algo mais natural, como a Wynri.
Na sequência somos apresentados aos vilões: Luxúria, Inveja e Gula. O visual dos três está bom, a Luxúria poderia ser um pouco mais sedutora, mais sensual. Contudo não está ruim. O seu ataque é perfeito e o trailer volta a empolgar.
Depois das apresentações voltamos aos irmãos Elric, discutindo sua jornada em cenas alternadas: Mustang atacando com uma explosão convincente, Edward gritando pelo seu irmão. 
O trailer termina com a cena do braço do Ed se desfazendo.
O trailer respondeu a algumas perguntas, mas deixou outras em aberto:
De forma geral os efeitos especiais não são um problema, deu para perceber que a Warner gastou dinheiro e esse foi bem gasto. 
A visual das personagens está legal, com uma ou duas ressalvas. O Inveja está mais estranho que legal, a Luxúria poderia estar mais lasciva e a Hawkeye ficou fake.
Podemos ver alguns personagens secundários, até então só tínhamos visto o irmãos, essa curiosidade foi sanada.
O trailer nos dá o clima do filme, a trilha sonora épica e as imagens montadas prometem um filme rápido, repleto de ação com carga dramática e pequenas pitadas de comédia. 
Lendo essa descrição ela pode parecer confusa, mas é exatamente o clima de Fullmetal Alquemist. Uma obra de ação com carga dramática épica, salpicada a momentos cômicos.
Por outro lado não sabemos que parte da trama o filme vai adaptar. Percebe-se que o começo do mangá/anime está no filme, mas é só isso? Os vilões serão os Omunculos, até então nenhum sinal do Pai.
O filme vai tentar englobar todos os arcos do anime ou só uma parte? 
Impossível dizer. O trailer mostra partes do começo da obra e dá a entender que existem batalhas maiores.
O filme estreia no Japão dia primeiro de Dezembro.
Para ver o trailer clique aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...