Os Deuses Mortos - Nove Anos

Os Deuses Mortos - Nove Anos

sábado, 10 de fevereiro de 2018

O Feitiço do Tempo: 25 Anos


Agora, em 12 de fevereiro O Feitiço do Tempo completa vinte e cinco anos desde seu lançamento, um clássico da sessão da tarde que todos crescemos assistindo. 
Feitiço do Tempo vai muito além do que você pode imaginar, para começo de conversa o projeto é mais uma colaboração entre Bill Murray e Harold Ramis (diretor, roteirista e ator), provavelmente mais lembrado por interpretar o Egon em Caça Fantasmas.
Os dois trabalharam juntos em: Os Caça Fantasmas 1 e 2; Recrutas da Pesada e Almôndegas, na maior parte das vezes Ramis esteve atuando, também foi roteiristas em muitos desses filmes.


Dois de Fevereiro

Na trama Murray vive Phil, um repórter do tempo que é a definição perfeita de um idiota filho da puta; arrogante ele trata todos a sua volta como lixos para serem usados; acredita que as outras pessoas não tem nada a acrescentar  e para piorar odeia ter que estar naquela cidadezinha.
O filme se passa em 02 de Fevereiro, o dia da marmota, onde ele deve cobrir uma marmota que vai sair de sua toca, se ela vir sua sombra o inverno vai se prolongar.
O filme começa de verdade no dia seguinte, que deveria ser três de fevereiro, mas estamos de volta ao dia dois. 
Dia a dia Phil acorda as seis da manhã, ouvindo a mesma música, acontecem as mesmas coisas, o que dá espaço para Murrey improvisar.
Como acontece em seus filmes o astro é a alma do projeto, interpretando com perfeição esse homem mau, que vai ficando perturbado, desesperançoso e por fim redimido.


O Eterno Retorno

Aposto que você não sabia que Feitiço do Tempo possui raízes filosóficas, mais especificamente nietzschianas. 
Nietzsche elaborou o conceito do eterno retorno o filósofo nos diz: E se você libertar um demônio da garrafa e esse o amaldiçoar: "você viverá todos os dias, pelo resto de sua vida, sabendo o que vai acontecer".
O filósofo pensava que seria possível ao homem superar a si mesmo, mas para isso precisaria se libertar de certas amarras, o eterno retorno é uma alegoria a vida rotineira e a angústia provocada pelo fazer sempre a mesma coisa.
No filme é possível ver como Phil vai evoluindo como ser humano, não para uma meta pré-estabelecida ou um comportamento assertivo e sim para o seu bem estar, não posso falar mais para não estragar a diversão de quem não viu, se você assistiu sabe do que estou falando. 
Pegue a personagem de Murray no começo do filme e compare como ele termina e você vai ver como se desenvolve uma personagem.


Curiosidades

Os bastidores do cinema são repletos de curiosidades, com Feitiço do Tempo não seria diferente.
Bill Murray e Harold Ramis 

Quatro outros atores foram cotados para interpretar o Phil. São eles Tom Hankis (descartado por Ramis, que considerou o astro muito bonzinho); Chevy Chase (que fora dirigido por Ramis em Férias Frustradas); Jhon Travolta e Steve Martin.
Chevy Chase e Steve Martin poderiam viver o Phil com facilidade, mas fica impossível pensar em O Feitiço do Tempo sem Bill Murray, ele sempre entrega algo seu em suas interpretações.
Harold Ramis chegou a dizer que Phil viveu o dia dois de fevereiro por dez anos, porém detalhes do filme colocam outras datas: Phil torna-se um mestre no piano; mestre na escultura de gelo e memoriza todos os mínimos detalhes desse dia. Fans do filme especulam que Phil passou em torno de cinquenta anos no dia dois de fevereiro.
Outra curiosidade Bill Murray aprendeu a tocar piano de verdade para o filme.
As gravações foram marcadas por desavenças. Murray estava se divorciando na época e ligava para Ramis durante a madrugada, o diretor não aguentou e os dois brigaram, voltando a fazer as pazes tempos depois.
O ator Michael Shannon, o general Zodd de O Homem de Aço, fez sua estréia no cinema nesse filme, vivendo o noivo indeciso, ajudado por Phil.
O American Film Institute AFM considerou O Feitiço do Tempo como a melhor comédia de todos os tempos e uma cópia está preservada na biblioteca nacional americana, como patrimônio da humanidade.
Que tal comemorar os vinte e cinco anos desse maravilhoso filme o revendo? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...